OMS celebra vitória após eliminação de vírus selvagem da poliomielite tipo 3
BR

24 outubro 2019

Organização Mundial da Saúde diz que notícia representa “avanço histórico para humanidade”; setor pouparia mais de US$ 14 bilhões com mundo livre da doença; anúncio foi feito pela Comissão Global de Certificação para a Erradicação do Vírus da Pólio.

Na celebração do Dia Mundial de Combate à Pólio, neste 24 de outubro, a Comissão Global de Certificação para a Erradicação do Vírus da Pólio declarou que a cepa do vírus selvagem da poliomielite tipo 3 foi eliminada.

Em nota, emitida esta quarta-feira em Genebra, a Organização Mundial da Saúde, OMS, destaca que o anúncio representa um “avanço histórico para a humanidade”.

Diretor-geral da OMS, Tedros Ghebreyesus. Foto: ONU/Daniel Johnson

Índia e Nigéria

Nenhum caso de contaminação pelo vírus selvagem tipo 3 foi observado desde a última notificação na Nigéria em 2012.

Já a eliminação do vírus da pólio tipo 2 foi declarada em 2015, após ter sido detectado o último caso na Índia em 1999.

De acordo com a agência, o tipo 1 é a única estirpe selvagem restante e circula somente no Paquistão e no Afeganistão.

Para o diretor-geral da OMS, Tedros Ghebreyesus, a eliminação da poliomielite será um marco para a saúde global. O representante destaca que foi graças “ao compromisso de parceiros e países, juntamente com a inovação”, que dois dos três sorotipos selvagens da poliomielite desapareceram.

Recursos

Para Ghebreyesus, que é também presidente do Conselho de Supervisão da Iniciativa Global de Erradicação da Poliomielite, Gpei, o empenho da instituição em “garantir que todos os recursos sejam colocados ao dispor para eliminar todas as cepas do vírus da pólio” continua.

Ghebreyesus pediu a todos que perseverem para a eliminação total da doença.

Já o presidente da Comissão Global de Certificação para a Erradicação do Vírus da Pólio, David Salisbury, disse que “os esforços não podem parar agora”, porque “é preciso eliminar todas as cepas remanescentes”.

Ele lembrou as boas notícias no continente africano, que desde 2016 não notifica nenhum vírus do pólio selvagem tipo 1 devido à melhoria contínua da vigilância”.

UNICEF
No Afeganistão, crianças foram vacinadas contra a poliomielite por agentes de saúde do governo, apoiados pelo Unicef e pela Organização Mundial da Saúde.

Paralisia

Crianças com o vírus da poliomielite podem ficar paralisadas por vários outros vírus, por infecções bacterianas no cérebro e por lesões no pescoço e na coluna.

De acordo com as Nações Unidas, com os esforços para erradicar a poliomielite foram economizados mais de US$ 27 bilhões em custos com saúde desde 1988.

A estimativa é que com o mundo livre da poliomielite haja uma economia de mais US$ 14 bilhões até 2050, em comparação com o custo que os países arcados pelos países para controlar o vírus indefinidamente.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud

 

Rastreador de notícias: últimas sobre o tema

OMS comemora aprovação da primeira vacina contra o ebola

Agência destaca colaboração “sem precedentes” de especialistas em todo o mundo; Agência Europeia de Medicamentos liberou o produto testado, pela primeira vez, na Guiné-Conacri que tem a maior epidemia da história.

OMS diz que número de pessoas tratadas contra tuberculose foi recorde em 2018

Ao todo foram 7 milhões de pacientes, 600 mil a mais que no ano anterior; Angola, Brasil e Moçambique aparecem em lista de 30 países com maior incidência de casos; apesar dos avanços 3 milhões de doentes não tiveram acesso aos remédios.