Dia Mundial dos Professores destaca jovens com a tarefa de ensinar

Koat Reath é um refugiado do Sudão do Sul na Etiópia, que acredita que a educação é a solução para o futuro do seu país
ONU News
Koat Reath é um refugiado do Sudão do Sul na Etiópia, que acredita que a educação é a solução para o futuro do seu país

Dia Mundial dos Professores destaca jovens com a tarefa de ensinar

Cultura e educação

Mundo precisará de 69 milhões de novos professores para cumprir a Agenda 2030 de desenvolvimento sustentável; sete em cada 10 países da África Subsaariana têm faltas graves de docentes.

Este sábado, 5 de outubro, marca o Dia Mundial dos Professores. O tema desse ano é “Professores Jovens: o Futuro da Profissão”.

Segundo a ONU, para atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ODSs, o mundo precisar preencher 69 milhões de vagas para professores até 2030.

Uma das regiões com mais falta de mestres nas salas de aula é a África Subsaariana, onde 70% dos países sofrem com o problema.

Segundo o estudo, escolas pequenas, com até 50 alunos, têm médias mais baixas que as maiores, com mais de 400 alunos.
Segundo o estudo, escolas pequenas, com até 50 alunos, têm médias mais baixas que as maiores, com mais de 400 alunos, Marcelo Camargo/Agência Brasil

Importância

Em entrevista à ONU News, a professora Lenize Cardoso da Universidade Presbiteriana Mackenzie, de São Paulo, destacou a importância de atrair cada vez mais jovens para essa profissão.

“Eu acho muito importante que os jovens se interessem por serem professores no futuro porque nós precisamos ter uma geração que pense no conhecimento e que pense em transmitir esse conhecimento. O professor, na realidade, não pode ser conhecedor de tudo. Ele é uma pessoa que tem um conhecimento, que divide, e com o outro ele também aprende. Tem de ser uma troca constante entre professor e aluno. Se os jovens não se interessarem pela profissão de professor, isso é algo muito grave que vai ter consequências futuras.”

Novas tecnologias

Em Nova Iorque, o professor de português na Escola Internacional das Nações Unidas, José Carlos Adão, explicou porque é importante a juventude escolher o ensino.

“Como em tudo nas sociedades, a tecnologia tem evoluído imenso. E, portanto, os jovens, por dominarem cada vez melhor as novas tecnologias, a internet, o vídeo, tudo isso é um fator relevante, que torna muitas vezes as aulas muito mais interessantes para os alunos, porque é o tipo de linguagem que eles já utilizam e que eles dominam.”

Dia Mundial dos Professores destaca importância dos jovens

Duas gerações

Já a professora Lenize Cardoso disse que professores jovens e com mais experiência devem ser complementares numa educação de qualidade.

“O professor jovem tem a novidade, a força, a busca de querer desenvolver a sua profissão e se atualizar eternamente. Mas o professor maduro tem uma coisa que o jovem não vai ter, que é a questão da experiência, que vai agregar a pesquisa dele ao dia a dia e à sala de aula.”

Mensagem

Tweet URL

Os chefes de quatro agências da ONU assinam uma nota sobre o dia, em conjunto com o secretário-geral da Internacional da Educação, David Edwards, explicando a importância do tema desse ano.

Os representantes reconhecem “a importância crítica de reafirmar o valor da missão de ensinar” e apelam “aos governos para que o ensino seja uma profissão de primeira escolha para os jovens.”

Também convidam sindicatos, diretores, associações de pais a “compartilhar sua sabedoria e experiência na promoção de uma força de ensino vibrante.”

A nota diz que, acima de tudo, os representantes celebram “o trabalho de professores em todo o mundo que se esforçam todos os dias para garantir uma educação de qualidade, inclusiva e equitativa em todos os cantos do mundo."

Assinam a nota a diretora-geral da Organização da ONU para a Educação, Ciência e Cultura, Unesco, Audrey Azoulay, a diretora executiva do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, Henrietta Fore, o chefe da Organização Internacional do Trabalho, OIT, Guy Ryder, e o líder do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud, Achim Steiner.