ONU pede a manifestantes e autoridades para que se abstenham de violência no Haiti

1 outubro 2019

Segundo agências de notícias, profunda crise econômica levou milhares de pessoas às ruas; porta-voz do secretário-geral afirmou que o povo é que “está sofrendo o impacto desta crise".

As Nações Unidas estão "preocupadas com relatos de violência e incêndios criminosos" no Haiti.

A informação foi confirmada pelo porta-voz do secretário-geral, Stéphane Dujarric, falando a jornalistas em Nova Iorque. Ele também disse que é o povo haitiano que “está sofrendo o impacto desta crise".

Soldados da paz ajudam pessoas a preparar para uma tempestade no Haiti, em 2010, by Minustah/Logan Abassi

Protestos

Após dias de intensificação dos protestos, a Missão da ONU no país, Minujusth, está pedindo a todos que "se abstenham de usar a violência".

Segundo agências de notícias, uma profunda crise econômica levou milhares de pessoas às ruas, exigindo a renúncia do presidente, Jovenel Moïse.

Líderes da oposição pediram um dia nacional de resistência ao governo. Na sexta-feira, várias casas e empresas foram incendiadas, com a polícia disparando gás lacrimogêneo contra manifestantes. Várias pessoas morreram durante os confrontos nas últimas semanas.

Em nota, a Minujusth louva o trabalho da Polícia Nacional, dizendo que "fez todo o possível para fornecer segurança ao povo haitiano, às instituições estatais e à propriedade privada."

Ao mesmo tempo, representantes da ONU e parceiros internacionais estão em diálogo com representantes locais para encontrar uma solução pacífica e aliviar o sofrimento da população.

Transição

Em junho, o Conselho de Segurança aprovou uma resolução para criar um Escritório Integrado da ONU para apoiar o governo do país no fortalecimento da estabilidade política e da boa governança.

O escritório será dirigido por um representante especial, que auxiliará o governo na área eleitoral, direitos humanos, segurança e justiça.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud

 

Rastreador de notícias: últimas sobre o tema

Conselho de Segurança discute futuro da presença da ONU no Haiti

Encontro contou com presença da chefe de direitos humanos da Organização e subsecretário-geral para as Operações de Paz; órgão vota, a 12 de abril, resolução que prolonga mandato da missão de paz por mais seis meses.