Reunião em Nova Iorque estabelece criação de Painel Científico sobre Amazônia
BR

21 setembro 2019

Iniciativa apoiada pela Bolívia e pela Rede de Soluções sobre Desenvolvimento Sustentável ocorreu na sede da ONU; reunião contou com ex-presidente da Assembleia Geral, María Fernanda Espinosa, e mais de 30 pesquisadores, professores das Américas e da Europa; painel deve produzir relatório para 2020.

Um grupo de mais de 30 cientistas sociais e ambientais, especializados na Floresta Amazônica, reuniu-se em Nova Iorque para criar um painel de informação científica sobre a região.

Floresta Amazônica , by ONU

O encontro convocado pela Missão da Bolívia junto à ONU, ocorreu na sede da organização, e contou com a presença de mais de 30 pesquisadores, professores de universitários e especialistas no tema.

Desenvolvimento Sustentável

A iniciativa tem o apoio da ex-presidente da Assembleia Geral da ONU, María Fernanda Espinosa, e do professor Jeffrey Sachs, diretor da Rede de Soluções sobre Desenvolvimento Sustentável.

O pesquisador-sênior do Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo, USP, Carlos Nobre, dirigiu o encontro.

Escolhido para presidir o painel, Nobre contou à ONU News que o grupo tem base inteiramente técnico-científica.

Coleta de Dados

Na primeira reunião, foi debatida a importância da pesquisa e do desenvolvimento tecnológico para o processo de tomada de decisões com base em informação e coleta de dados.

De volta às Nações Unidas após concluir seu mandato à frente da Assembleia Geral, a ex-chanceler do Equador mostrou-se otimista com a criação do painel.

A ex-presidente da Assembleia Geral, María Fernanda Espinosa, disse que a Amazônia é vital para a América do Sul e para o mundo. Segundo ela, esta iniciativa visar ajudar não só os que vivem da floresta, mas também a atores políticos no processo de gestão da Amazônia.

Cientistas

O Grupo de Cientistas da Amazônia também acredita que é preciso promover programas de desenvolvimento sustentável em áreas ambientais, econômicas e sociais para resolver desafios enfrentados pela região.

O objetivo é identificar as principais condições ecológicas para o futuro da Amazônia e para o desenvolvimento sustentável, estabelecer um Painel Científico sobre a Amazônia e planejar as modalidades de operação do grupo.

COP 25

O painel deve realizar a próxima reunião no Chile, país que abrigará a Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática, COP 25, e publicar um relatório sobre o tema em junho do próximo ano.

Dentre os cientistas do painel estão especialistas da Universidades de Oxford, de Lancaster, do Arizona e da USP. Os participantes vêm de mais de 10 países das Américas e da Europa.

 

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud