Ativista Greta Thunberg chega a Nova Iorque em veleiro com zero emissões

Ativista Greta Thurnberg chega ao porto de Nova Iorque
Twitter GretaThunberg
Ativista Greta Thurnberg chega ao porto de Nova Iorque

Ativista Greta Thunberg chega a Nova Iorque em veleiro com zero emissões

Clima e Meio Ambiente

Cerca de 14 dias depois de partir do Reino Unido, a jovem sueca terminou travessia oceânica para alertar para mudança climática; Thunberg participa em setembro na Cúpula do Clima da Juventude e da Cúpula de Ação Climática nas Nações Unidas. 

Depois de atravessar o Oceano Atlântico, a ativista climática sueca Greta Thunberg, de 16 anos, chegou na quarta-feira a Nova Iorque.

A nomeada ao Prêmio Nobel da Paz está na cidade norte-americana para participar da Cúpula do Clima da Juventude e do Encontro de Cúpula de Ação Climática na sede das Nações Unidas, em setembro.

Objetivos

Ativista fez a travessia em veleiro que não usou emissões de carbono
Ativista fez a travessia em veleiro que não usou emissões de carbono, Foto ONU/Mark Garten

Cerca de 14 dias depois de partir de Inglaterra, o veleiro de Greta Thunberg chegou acompanhado por uma frota de 17 barcos, representando cada um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

A viagem no barco de regata Malizia II começou em Plymouth, no Reino Unido, a 14 de agosto e foi realizada com zero emissões de dióxido de carbono, recorrendo a energia solar.

Falando a jornalistas, a ativista disse que “a crise climática e ecológica é uma crise global e a maior crise que a humanidade já enfrentou.” Segundo ela, se o mundo não conseguir trabalhar juntos, apesar de suas diferenças, então irá falhar.

Thunberg pediu ainda que “não se espere mais” e que se tomem decisões “agora”.

Encontros

Em setembro, a ONU acolhe dois grandes eventos sobre o clima. O secretário-geral pediu aos líderes mundiais que tragam propostas concretas para combater as mudanças climáticas.

A jovem espera que os dois encontros sejam “um ponto de viragem” e prometeu que fara tudo para que isso aconteça.

A ativista disse que ela “e muitas outras pessoas farão tudo o que e possível para ter a certeza de que os líderes mundiais têm a atenção de todo o mundo durante estas conferências e não podem ignorar” este assunto.

Greta Thunberg ficou conhecida em 2018 depois de organizar uma greve mundial de estudantes para protestar a mudança climática.

Greta Thunberg chega aos Estados Unidos após cruzar o Oceano Atlântico num veleiro