Local de nascimento de Jesus sai da Lista do Patrimônio Mundial em Perigo
BR

2 julho 2019

Comitê da Unesco elogia qualidade do trabalho realizado para restaurar a Igreja da Natividade em Belém; em 2012, local também foi inscrito na Lista do Patrimônio Mundial.

O Comitê do Patrimônio Mundial retirou o local de nascimento de Jesus: a Igreja da Natividade e a Rota de Peregrinação, em Belém, da Lista do Patrimônio Mundial em Perigo.

A decisão foi feita na reunião que acontece desde 30 de junho em Baku, no Azerbaijão, devido “à alta qualidade do trabalho realizado no local, a restauração de seu telhado, fachadas exteriores, mosaicos e portas”.

Decisão foi feita na reunião que acontece desde 30 de junho em Baku, no Azerbaijão
Decisão foi feita na reunião que acontece desde 30 de junho em Baku, no Azerbaijão. Foto: Eric Cuvillier/Ministério da Cultura e do Turismo do Azerbaijão

Plano

O grupo de especialistas também elogiou uma iniciativa para escavar um túnel sob a Praça da Manjedoura e apoia a adoção de um plano de manejo para a conservação do local.

O berço de Jesus: a Igreja da Natividade e Rota de Peregrinação, em Belém, na Palestina, está localizado a 10 km ao sul de Jerusalém. Esse local foi identificado pela tradição cristã como o berço de Jesus desde o século 2.

Nesse local foi inicialmente concluída uma igreja em 339 d.C. O edifício que substituiu o templo após um incêndio no século 4 preserva os mosaicos do piso do edifício original.

O complexo também inclui conventos e igrejas latinas, greco-ortodoxas, franciscanas e armênias, assim como torres de sino, jardins em terraços e uma rota de peregrinação.

Condições

A Igreja da Natividade foi inscrita na Lista do Patrimônio Mundial em 2012. No mesmo ano foi inclusa na Lista de Patrimônio Mundial em Perigo, devido ao seu mau estado.

A Lista do Patrimônio Mundial em Perigo da Organização das Nações Unidas busca informar a comunidade internacional sobre as condições que ameaçam as características que fizeram com que um local fosse inscrito como patrimônio mundial e estimular ações corretivas.

Essas ameaças incluem conflitos armados, desastres naturais, urbanização não planejada, caça furtiva, poluição e outros.

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud