Reflexão sobre água e desastres inclui discussão sobre ciclones que atingiram Moçambique

24 junho 2019

Evento em Nova Iorque pretende ampliar diálogo global e aumentar a consciência sobre questões relacionadas à água; catástrofes relacionadas a este recurso representam 90% do número total de desastres em números de afectados.

O impacto de ciclones que recentemente atingiram Moçambique será um dos focos da Quarta Sessão Temática Especial da ONU sobre Água e Desastres. O evento decorre esta segunda-feira na sede da organização, em Nova Iorque.

O primeiro-ministro moçambicano, Carlos Agostinho do Rosário, será um dos representantes de alto nível presentes na sessão que acontece no Conselho Económico e Social da ONU, Ecosoc.

Ciclone Kenneth causou grandes danos em Moçambique., by PMA/Mohamed Razak

Afetados

Pela primeira vez desde que há registo, dois ciclones tropicais fortes atingiram o território moçambicano durante a mesma temporada. Especialistas internacionais defendem que a intensidade e a proximidade das duas tempestades podem ser consideradas efeitos da mudança climática.

A presidente da Assembleia Geral, María Fernanda Espinosa, abrirá a reunião onde  também participam altos representantes da Coreia do Sul, da Eslovénia e da Hungria.

Segundo as Nações Unidas, os desastres relacionados à água representam 90% de todas as catástrofes em números de pessoas afectadas.

Presidente da Assembleia Geral, María Fernanda Espinosa, assinando o livro de condolências após mortes causadas pelo ciclone Idai por Moçambique., by ONU News

A previsão é que nos próximos anos vários países insulares e em desenvolvimento sofram o maior impacto das alterações climáticas devido ao aumento de eventos extremos.

Entidades Internacionais

A sessão tem por meta continuar o diálogo global e aumentar a consciência dos Estados-membros da ONU sobre os assuntos relacionados à água, além de promover ações para maior discussão do tema.

A ONU pretende ainda que os países possam contribuir de forma relevante na análise dos eventos extremos associados à água como parte da Década de Ação pela Água que cobre o período entre 2018 e 2028.

Em 2017, a Terceira Sessão Temática Especial da ONU sobre Água e Desastres juntou 500 representantes, incluindo chefes de Estado e de governo, ministros e representantes de entidades internacionais.

Os participantes no evento concordaram que abordar o tema de água e desastres é essencial elemento e o centro para alcançar o desenvolvimento sustentável.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud

 

Rastreador de notícias: últimas sobre o tema

Moçambique na ONU: “nós estamos aqui para sensibilizar a comunidade internacional”

Questões relacionadas à água e desastres marcam evento que pretende ampliar diálogo global e aumentar a consciência dos países; catástrofes relacionadas à água representam 90% do número total de desastres em números de afectados.