Unicef apoia iniciativa para promover autoestima e confiança corporal de jovens BR

Segundo a pesquisa de 2017, 80% das jovens com baixa estima corporal colocam sua saúde em risco.
Khaled Abd El Wahab
Segundo a pesquisa de 2017, 80% das jovens com baixa estima corporal colocam sua saúde em risco.

Unicef apoia iniciativa para promover autoestima e confiança corporal de jovens

Cultura e educação

Brasil, Índia e Indonésia fazem parte das ações da nova parceria entre agência da ONU e a Dove; meta é ajudar 10 milhões de jovens; pesquisa indica que oito em cada 10 meninas com baixa estima corporal colocam sua saúde em risco. *

Por causa da baixa autoestima, sete em cada 10 meninas não conseguem se afirmar ou pedir ajuda na escola porque “não se sentem confiantes com sua aparência”. Os dados fazem parte de um estudo realizado pelo Projeto Dove de Autoestima.

Segundo a pesquisa de 2017, 80% das jovens com baixa estima corporal colocam sua saúde em risco. Elas, por exemplo, dispensam refeições ou não comparecem a consultas médicas.

Preocupação

Em entrevista à ONU News, de Brasília, o especialista em comunicação digital do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, Camilo Leon,   disse que a questão é de grande preocupação.

“Estamos falando de um período em que as pessoas estão crescendo, estão se afirmando, precisam de referências, enxergam muito nas redes sociais aquele mundo perfeito, e isso impacta diretamente na autoestima e a falta de autoestima isso acarreta vários fatores como não ir para a aula, não querer se socializar, e isso tudo acarreta no não desenvolvimento de potencialidades e aproveitar oportunidades por conta disso.”

Jovens

Para ajudar 10 milhões de jovens no Brasil, na Índia e na Indonésia a obterem melhor autoestima e confiança corporal até 2022, o Unicef criou uma parceria de três anos com a marca Unilever Dove.

O objetivo da nova parceria é ajudar, até 2022, 10 milhões de jovens no Brasil, na Índia e na Indonésia a aumentar sua autoestima e confiança sobre seu próprio corpo.

— UNICEF Brasil (@unicefbrasil) June 6, 2019

Através da iniciativa, módulos de autoestima e confiança corporal do Projeto de Autoestima da Dove serão adaptados e incluídos nos programas do Unicef que ensinam aos jovens habilidades essenciais para a vida.

Leon explicou que a intenção é atingir o jovem diretamente, falando na linguagem deles.

“Um fator muito importante que a gente está levantando neste projeto é a gente utilizar as plataformas sociais. É o ambiente onde os adolescentes estão, então a gente está buscando ir onde o adolescente está. Não criar plataformas novas, mas sim, estar onde eles estão e onde eles se sentem mais seguros, onde eles se sentem mais à vontade.”

O especialista destaca que neste sentido, é importante os pais ficarem atentos aos sinais e  mostrar para os adolescentes que existem outros padrões de beleza, que esta é relativa e tem várias formas.

Mudança

Para a diretora executiva do Unicef, Henrietta Fore, “os jovens são alguns dos melhores defensores, criadores e pensadores do mundo.” Mas ela acredita que, ao mesmo tempo, “sentimentos de falta de poder, baixa autoestima e falta de confiança muitas vezes os impedem de falar, de defender o que eles acreditam e alcançar seu pleno potencial.” 

Fore disse que, através da nova parceria, o Unicef espera mudar essa situação.

De acordo com a agência da ONU, a iniciativa reunirá a experiência e os recursos das duas organizações globais, ambas líderes em seus campos de trabalho.

Projeto

O Unicef aponta que o Projeto Dove Autoestima já atingiu 35 milhões de jovens e tem trabalhado para entender melhor os danos que a baixa autoestima pode ter nos jovens.

Para o diretor executivo da Unilever, Alan Jope, “questões como autoestima e confiança corporal podem ter sérias implicações para o desenvolvimento das meninas”. Por isso, ele considera fundamental trabalhar “para abordá-los e ajudar as meninas a se tornarem líderes de amanhã.”

A parceria entre o Unicef e o Projeto Dove de Autoestima é a mais recente de uma série de colaborações entre a agência e a Unilever, empresa que administra a Dove.

O Unicef firmou uma parceria com as marcas Domestos, Signal, Persil e Lifebuoy, e também colabora diretamente com a Unilever em várias iniciativas para promover mudanças transformacionais para comunidades e crianças em todo o mundo.

*O Unicef declara que não endossa nenhuma empresa, marca, produto ou serviço.