Unesco abre inscrições para prêmio global de alfabetização e multilinguismo
BR

24 maio 2019

Mais de 490 projetos e programas já foram premiados por seus trabalhos nessas áreas desde 1967; prazo para inscrições encerra em 16 de junho, à meia-noite do horário de Paris.

A Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, abriu as inscrições e indicações para os Prêmios Internacionais de Alfabetização.

O lema deste ano é Alfabetização e Multilinguismo e pretende reconhecer programas e indivíduos que promovam de maneira excepcional a alfabetização no mundo todo.

ODSs

Desde 1967, os Prêmios Internacionais da Unesco de Alfabetização reconhecem iniciativas de excelência e inovação no campo da alfabetização. Mais de 490 projetos e programas realizados por governos, organizações não-governamentais e indivíduos de todo o mundo já foram premiados por seus trabalhos.

Para a Unesco, o multilinguismo é um bem tanto para a alfabetização quanto para o desenvolvimento educacional em geral e, em particular, para o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável, ODS, número 4. A meta 4.6 aborda a qualidade inclusiva e a expansão do acesso à educação.

A agência da ONU acredita que a educação multilíngue facilita o acesso à educação, e ao mesmo tempo, promove equidade para as minorias que falam línguas não oficiais e indígenas, especialmente meninas e mulheres.

Prêmios

A Unesco possui dois prêmios diferentes de alfabetização. O Prêmio Unesco-Rei Sejong de Alfabetização foi estabelecido em 1989  e tem o apoio da Coreia do Sul. São considerados especialmente programas que focam no desenvolvimento e na utilização da língua materna na alfabetização durante a educação e capacitações.

Já o Prêmio Unesco-Confúcio para a Alfabetização foi criado em 2005 e é apoiado pela China. São reconhecidos programas que promovem a alfabetização de adultos, especialmente em áreas rurais e jovens fora da escola, especialmente meninas e mulheres.

Através dos dois prêmios, a Unesco apoia a eficiência de práticas de alfabetização e incentiva a promoção de sociedades alfabetizadas para diminuir a lacuna de aproximadamente 750 milhões de analfabetos.

Cada um dos vencedores recebe uma medalha, um diploma e US$ 20 mil.

Quem pode se candidatar e quem pode indicar?

Governos, organizações não-governamentais e indivíduos são convidados a participar. Todos os formulários de inscrição devem ser submetidos às entidades de indicação, como Comissões Nacionais da Unesco no país do programa, ou alguma ONG que já tenha parceria oficial com a Unesco.

Os formulários de inscrição devem ser submetidos por meio de uma plataforma online. Informações detalhadas sobre o processo de candidatura e indicação podem ser encontradas no site dos Prêmios Internacionais de Alfabetização da Unesco.

Critérios de Seleção

Todos os programas e projetos devem obedecer os critérios de seleção (link em inglês) para serem considerados.

Governos dos Estados-membros da Unesco e organizações não-governamentais em parceria oficial com a Unesco são incentivados a levar em consideração indivíduos, instituições e organizações que tenham dado contribuições excelentes para a promoção da alfabetização e que tenham requisitado a indicação.

Prazo

O prazo para encaminhar as candidaturas para as entidades de indicação vai até 16 de junho, à meia-noite do horário de Paris. O prazo para que as entidades de indicação submetam suas indicações para a Unesco vai até 23 de junho, à meia-noite do horário de Paris.

As indicações serão avaliadas por um júri internacional independente, composto por cinco especialistas nos critérios de seleção - link em inglês.

Com base nas recomendações do júri, a diretora-geral da Unesco, Audrey Azoulay, selecionará os finalistas para a cerimônia de premiação que acontecerá no Dia Internacional da Alfabetização, celebrado em 8 de setembro.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud