Jovens participam em reunião global na sede da ONU
BR

8 abril 2019

Durante dois dias, Fórum da Juventude 2019 oferece oportunidades para debater temas como Agenda de Desenvolvimento Sustentável e mudanças climáticas; tema deste ano é “Empoderado, Incluído e Igual”.

Começou esta  segunda-feira o 8º Fórum da Juventude do Conselho Econômico e Social da ONU, Ecosoc. O objetivo do evento é oferecer uma plataforma para líderes jovens de todo o mundo participarem de um diálogo entre si e com os Estados-membros das Nações Unidas.

O Fórum também é uma oportunidade para o compartilhamento de ideias para avançar a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, a Agenda de Ação de Addis Abeba e o Acordo de Paris sobre Mudanças Climáticas.

Juventude 

A representante afirmou que a ONU está a realizar um conjunto de ações para apoiar os Estados-membros no cumprimento desses desafios e continua a procurar “uma globalização justa que funcione para todos.
Foto ONU/ Loey Felipe

Em discurso durante a sessão de abertura do evento, a enviada do secretário-geral para a Juventude, Jayathma Wickramanayake, destacou que “os resultados do Fórum da Juventude deste ano ajudarão a orientar as necessidades e os direitos dos jovens antes das cimeiras dos Objetovos de Desenvolvimento Sustentável e da Ação Climática que terão lugar no final deste ano.

 A representante afirmou ainda que a ONU está a realizar um conjunto de ações para apoiar os Estados-membros no cumprimento desses desafios e continua a procurar “uma globalização justa que funcione para todos, valorizando o multilateralismo e o diálogo, incluindo entre os jovens.”

Tema

Durante dois dias na sede da ONU em Nova Iorque, os jovens de várias partes do mundo participarão de sessões plenárias, discussões interativas temáticas e regionais.

De acordo com as Nações Unidas, o Fórum ocorre em um momento em que o mundo trabalha para enfrentar as desvantagens das tendências atuais da globalização, que não são suficientemente sustentáveis ou inclusivas.

O evento abordará o tema “Empoderado, Incluído e Igual”, que está alinhado com o tema do Ecosoc e do Fórum Político de Alto Nível.  A intensão é “capacitar as pessoas e garantir a inclusão e a igualdade” em 2019.

Presidente da Assembleia Geral

Em discurso durante a abertura do Fórum, a Presidente da Assembleia Geral, Maria Fernanda Espinosa, destacou que para criar um mundo mais sustentável, os jovens precisam de competências, valores, postos de trabalho e meios de subsistência.ONU/ Loey Filipe

Em discurso durante a abertura do Fórum, a Presidente da Assembleia Geral, Maria Fernanda Espinosa, destacou que para criar um mundo mais sustentável, os jovens precisam de competências, valores, postos de trabalho e meios de subsistência “que os capacitem a contribuir para o desenvolvimento sustentável.”

A representante lembrou que restam 11 anos para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ODSs, e que tal não será possível sem a participação dos jovens, por isso, relembrou que  em setembro passado, o secretário-geral da ONU lançou a Estratégia das Nações Unidas para a Juventude, com o objetivo de “assegurar o seu pleno envolvimento na realização da Agenda 2030.

Espinosa sublinhou ainda que é necessário abordar com urgência os desafios que definem a atualidade: “acesso a educação de qualidade, desemprego, desigualdade, exclusão social e mudança climática.”

ODSs

Sessões devem analisar progressos nas áreas de educação de qualidade, trabalho decente e crescimento econômico, redução de desigualdades, ação climática, paz, justiça e instituições fortes e parcerias para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis, os ODSs.

Para a ONU, o evento é também um espaço único para os jovens compartilharem suas visões e elaborarem suas contribuições substanciais para as próximas reuniões das Nações Unidas. Entre estes estão a Sessão Substantiva do Ecosoc de 2019, o Fórum Político de Alto Nível sobre Desenvolvimento Sustentável de 2019 e várias reuniões de alto nível que acontecem à margem da abertura da abertura da Assembleia Geral.

O destaque vai para a Cúpula do Clima, a Reunião de Alto Nível sobre Financiamento para o Desenvolvimento e a Cúpula dos ODSs.

De acordo com as Nações Unidas, o mundo tem a maior população jovem da História estimada em 1,8 bilhão de jovens de idades entre 10 e 24 anos. 

Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News 

Baixe o aplicativo/aplicação para  iOS ou Android

Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud

 

Rastreador de notícias: últimas sobre o tema

Agências da ONU abrem inscrições para festival PLURAL +

Iniciativa celebra este ano o seu 10º aniversário; periodo de candidaturas termina a 16 de junho; em anos anteriores, participaram jovens de mais de 100 países.

Exclusiva: Vitorino quer mobilizar jovens para as questões da migração

Diretor-geral da Organização Internacional para Migrações explica  como o diálogo serve para olhar para as migrações na perspectiva dos jovens; António Vitorino participou em evento sobre migrações e jovens na sede da ONU, em Nova Iorque.