Portugal acolhe 13 refugiados da Síria e do Iraque com apoio de agências da ONU

5 abril 2019

Recém-chegados juntam-se a família que já vive no país; OIM e Acnur dão apoio na reinstalação; Portugal deverá receber mais de mil refugiados até ao final do ano.

Treze refugiados da Síria e do Iraque, incluindo seis crianças, chegaram a Lisboa, Portugal, esta quarta-feira vindos de Istambul, na Turquia.

Os recém-chegados fazem parte de um programa de reassentamento de refugiados em 2018-2019, apoiado pela Agência das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, e a Organização Internacional para as Migrações, OIM.

Reencontro

Refugiados da Síria e do Iraque chegaram a Portugal esta quarta-feira.OIM Portugal

Estes refugiados são os primeiros a serem reinstalados em Portugal vindos da Turquia, onde foram recebidos depois de fugirem do conflito nos seus países de origem.

Três famílias de Damasco e de Alepo, na Síria, juntam-se assim a familiares que já vivem em Portugal.

O ponto focal de reinstalação da OIM Portugal, Sónia Pereira, explica que através dos escritórios da OIM, em Portugal e na Turquia, a agência “tem apoiado o Governo de Portugal no seu compromisso de receber 1.010 refugiados até outubro deste ano.” A responsável adianta ainda que é possível que cheguem mais quarenta refugiados da Turquia ainda este mês.

A porta-voz regional do Acnur para o sul da Europa, Carlotta Sami, informou que o Acnur tem apoiado Portugal a reforçar o seu plano de reinstalação, tendo destacado um especialista para Lisboa e trabalhado com as autoridades portuguesas para identificar e referenciar refugiados em risco no Egito e na Turquia que possam vir a fazer parte do programa.”

Ajuda

Até agora, 127 refugiados já foram reinstalados em Portugal vindos do Egito.

Em comunicado, a OIM explica que o reassentamento ainda é raro estando disponível apenas a menos de 1% dos refugiados em todo o mundo.

Os recém-chegados esta semana a Lisboa foram recebidos por funcionários da OIM que os ajudaram com os procedimentos de imigração

As autoridades municipais e organizações não-governamentais de todo o país estão a apoiar os refugiados que chegam através deste programa, aos quais será oferecido apoio inicial com alojamento e necessidades básicas enquanto aprendem a língua portuguesa e procuram emprego.

Os refugiados terão também acesso a cuidados de saúde e de educação, bem como formação profissional.

Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News 

Baixe o aplicativo/aplicação para  iOS ou Android

Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud

 

Rastreador de notícias: últimas sobre o tema

Destaque ONU News Especial - secretária de Estado de Portugal na CSW63

Neste Destaque Especial da ONU News, a Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade de Portugal explica as prioridades do país para  as políticas de igualdade de género. Rosa Monteiro detalha as medidas concretas que têm sido adotadas na prevenção e combate à violência sobre as mulheres e como Portugal tem investido em políticas de integração de migrantes e refugiados. 

 

Michelle Bachelet elogia Portugal por apoio à integração de migrantes

Relatório apresentado ao Conselho de Direitos Humanos destaca legislação que permite entrada e permanência de migrantes por questões humanitárias; chefe de direitos humanos alertou sobre ameaça da “crescente desigualdade global”.