ONU encoraja refugiadas a seguir em frente e a reconhecer seu valor em Angola

19 março 2019

Festival promovido pelo Acnur e outras agências e programas das Nações Unidas celebraram as mulheres no assentamento de Lóvua; atividades com refugiadas congolesas no norte incluíram futebol e teatro.

Refugiados congoleses em Angola e agências humanitárias celebraram as mulheres no assentamento do Lóvua. O local acolheu mais de 13,6 mil pessoas, ou cerca de 60% da população refugiada da República Democrática do Congo no norte de Angola.

Bienal de Luanda terá um fórum de ideias, um fórum da juventude, um festival da cultura e paz para o desporto para as populações locais.
Acnur/ Omotola Akindipe
Bienal de Luanda terá um fórum de ideias, um fórum da juventude, um festival da cultura e paz para o desporto para as populações locais.

As celebrações marcaram o dia 8 de março de 2019, observado pela primeira vez pelas Nações Unidas em 1975. Para o escritório da organização, o momento foi “para refletir sobre o progresso, para pedir mudanças e celebrar atos de coragem e determinação".

Valor

Segundo a ONU Angola, durante as comemorações, que contaram com discursos e apresentações, as mulheres foram encorajadas a seguir em frente e a reconhecer o seu valor na sociedade.

Também foi realizada uma peça teatral, na qual refugiadas conversaram com membros do governo local sobre questões dos refugiados. A conversa foi moderada pela jornalista Alfonsine, que também liderou uma demonstração de karatê feminino.

Também foi realizada uma peça teatral, na qual refugiadas conversaram com membros do governo local sobre questões dos refugiados.
© Acnur/Omotola Akindipe
Também foi realizada uma peça teatral, na qual refugiadas conversaram com membros do governo local sobre questões dos refugiados.

Vencedora

Durante as festividades, a equipa vencedora do torneio de futebol feminino de 2019 foi premiada com uma taça para muito júbilo dos refugiados.

A celebração terminou com um desfile de todas as 10 áreas do assentamento de Lóvua e grupos temáticos como a proteção infantil.

Assista ao vídeo do Acnur Angola sobre o evento:

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud