Em Bruxelas, presidente da Assembleia Geral destaca UE como parceiro indispensável da ONU

María Fernanda Espinosa disse que em todas ações e oportunidades assegura que coloca a igualdade de gênero e os direitos das mulheres no centro do diálogo
ONU/ Loey Filipe
María Fernanda Espinosa disse que em todas ações e oportunidades assegura que coloca a igualdade de gênero e os direitos das mulheres no centro do diálogo

Em Bruxelas, presidente da Assembleia Geral destaca UE como parceiro indispensável da ONU

Assuntos da ONU

María Fernanda Espinosa destacou importância de fortalecer multilateralismo; representande mencionou “papel especial” do Parlamento Europeu para garantir paz e direitos humanos; visita prevê encontros com altos representantes da UE e do Governo belga.

A presidente da Assembleia Geral da ONU, María Fernanda Espinosa, destacou a cooperação entre as Nações Unidas e a União Europeia, UE, dizendo que esta “sempre foi um parceiro indispensável para as Nações Unidas na prevenção de conflitos, mediação e assistência humanitária.”

Em visita à Bélgica, Espinosa destacou a importância “de fortalecer o multilateralismo em tempos difíceis” e lembrou que nunca foi tão urgente defender o multilateralismo, bem como “a luta contra as causas profundas de violência.”

Multilateralismo

Em intervenção na Comissão dos Negócios Estrangeiros do Parlamento Europeu, a presidente da Assembleia Geral referiu que a UE e as Nações Unidas “partilham objetivos de paz e segurança, direitos humanos e desenvolvimento sustentável.”

A representante referiu o “papel especial” do Parlamento Europeu para assegurar estes objetivos ao integrar as resoluções e os princípios da ONU na legislação europeia e ao assegurar “uma melhor e mais rápida implementação dos acordos internacionais.”

Espinosa concluiu a sua intervenção explicando a sua visão “de maior cooperação com a União Europeia” através do apoio mútuo para defender um multilateralismo “que seja responsivo e eficiente” e que “que agrega valor às múltiplas crises que o mundo enfrenta.”

Visita

A presidente da Assembleia Geral começou a sua visita com um encontro com a alta representante da União Europeia para Relações Exteriores e Política de Segurança, Federica Mogherini. A dirigente europeia participará no evento de alto nível “WomenInPower” promovido por María Fernanda Espinosa, a 12 de março, em Nova Iorque.

A representante da ONU teve também uma reunião bilateral com o vice-primeiro-ministro da Bélgica e ministro do Trabalho, Economia e Comércio Exterior, Kris Peeters. Em cima da mesa estiveram questões como a cooperação da Bélgica com as Nações Unidas, migrações, trabalho digno, alterações climáticas e a implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ODSs.

Para esta terça-feira,  está prevista uma reunião com os chefes de agências e fundos da ONU na Bélgica e uma intervenção no Comité Político e de Segurança da União Europeia. A visita terminará depois de María Fernanda Espinosa se reunir com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker.