ONU alerta para condições “altamente desafiantes” em acampamento na Síria

26 fevereiro 2019

Nos últimos três dias, chegaram cerca de 6 mil pessoas ao acampamento de Al Hol, fugindo da violência em última área controlada pelo grupo terrorista Estado Islâmico do Iraque e do Levante; Nações Unidas estão muito preocupadas com relatos de vítimas civis.

Cerca de 6 mil pessoas, a maioria mulheres e crianças, chegaram nas últimas 72 horas ao acampamento de Al Hol, fugindo de Baghouz, a última área síria controlada pelo grupo terrorista Estado Islâmico do Iraque e do Levante, Isil.

Com este movimento, sobe para 37 mil o número de pessoas que chegou ao acampamento desde dezembro de 2018. Neste momento, 47 mil sírios vivem no acampamento.

Deslocados

O porta-voz do secretário-geral da ONU, Stéphane Dujarric.
O porta-voz do secretário-geral da ONU, Stéphane Dujarric. , by Foto: ONU/Jean-Marc Ferré

Outras três mil pessoas aguardam em um centro de trânsito, em Suar, pela sua transferência para o acampamento de Al Hol.

Falando a jornalistas na sede da ONU em Nova Iorque, o porta-voz do secretário-geral disse que “as condições no campo são extremamente desafiantes, sobretudo nas áreas de recepção, que acolhem milhares de pessoas sem água ou condições sanitárias suficientes.”

Stephane Dujarric afirmou que a situação “está aumentando o risco de um surto de doença.” Para ajudar a resolver a situação, o campo está sendo aumentado e serviços e assistência serão prestados nessas novas áreas.

Violência

O porta-voz disse que as Nações Unidas “também estão seriamente preocupadas com as notícias sobre vítimas civis causadas pelas hostilidades e explosivos não detonados em Idlib e Hama, no noroeste do país.” Segundo Dujarric, acredita-se que estes dispositivos foram encontrados em áreas da zona desmilitarizada ou perto dela.

Recentemente, vítimas civis, incluindo mulheres e crianças, terão sido mortas ou feridas devido a bombardeamentos em Ma’ret An-Nu’man e Khan Shaykun, na zona rural de Idlib. 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud