Agência da ONU elogia compromisso dos EUA de eliminar novas infeções de HIV até 2030
BR

6 fevereiro 2019

Presidente Donald Trump fez anúncio na terça-feira; desde 2003, Estados Unidos investiram mais de US$ 80 bilhões de dólares na resposta global ao vírus.

O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids, Unaids, elogiou esta quarta-feira o compromisso do presidente dos Estados Unidos da América de terminar com a transmissão do HIV no país até 2030.

O presidente Donald Trump fez o anúncio durante o seu discurso sobre o Estado da União ao Congresso, em Washington, na terça-feira.

Donald Trump na Assembleia Geral, by Foto ONU/Cia Pak

Vidas

Em nota, o diretor executivo da Unaids, Michel Sidibé, disse que “o firme compromisso dos Estados Unidos com a resposta ao HIV e o seu apoio ao apelo do Unaids para acabar com a Aids até 2030 salva milhões de vidas.”

Sidibé elogiou ainda o compromisso do presidente Trump, dizendo que “exigirá uma resposta baseada nos direitos humanos para alcançar todas as pessoas vivendo com HIV e que correm esse risco, incluindo as mais marginalizadas.”

A ONU estima que, em 2015, cerca de 1,2 milhão de pessoas viviam com HIV nos Estados Unidos. A epidemia se concentra em zonas urbanas e afeta de forma desproporcional homens homossexuais, homens que fazem sexo com homens, afro-americanos, hispânicos e latinos, assim como pessoas que usam drogas.

Sidibé afirmou ainda que a contribuição dos Estados Unidos para a resposta global ao HIV, feita através do apoio ao Plano de Emergência do Presidente para o Alívio da Aids, tem causado “um impacto enorme.”

Epidemia

Em todo o mundo, novas infecções entre crianças foram reduzidas em 35% desde 2010. Neste momento, 22 milhões de pessoas têm acesso a terapia anti-retroviral.

Os Estados Unidos investiram mais de US$ 80 bilhões de dólares na resposta global ao HIV desde 2003.

O diretor executivo do Unaids disse que “a resposta global precisa de um apoio firme e contínuo dos Estados Unidos.” Segundo ele “existe um déficit de US$ 5 bilhões nos US$ 26 bilhões necessários para a resposta em 2020.”

O Unaids explica ainda que aguarda com expectativa os detalhes da nova estratégia norte-americana e diz que continuará trabalhando em estreita colaboração com os Estados Unidos para acabar com esta epidemia, tanto no país quanto no mundo.

 

Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News 

Baixe o aplicativo/aplicação para  iOS ou Android

Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud