República Centro-Africana: Guterres felicita assinatura de acordo de paz

6 fevereiro 2019

Governo e grupos armados chegaram a um entendimento; secretário-geral da ONU elogia contributo da União Africana no processo; Guterres nomeia novo representante especial para o país.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, felicitou o Governo da República Centro-Africana, RCA, e os grupos armados pela assinatura do Acordo Global de Paz no dia 6 de fevereiro, em Bangui.

A formalização aconteceu depois da conclusão bem-sucedida das conversações entre partes realizadas em Cartum, no Sudão.

Acordo

Em nota emitida pelo seu porta-voz, Stéphane Dujarric, o secretário-geral elogia o papel de liderança da União Africana nestas conversações, que foram levadas a cabo com o apoio das Nações Unidas no âmbito da Iniciativa Africana para a Paz e a Reconciliação na República Centro-Africana.

Guterres incentiva todas as partes interessadas a cumprir os seus compromissos no período de implementação deste Acordo e reitera o compromisso da ONU de ajudar a RCA nesta fase crítica.

O chefe da ONU exorta ainda os países vizinhos, as organizações regionais e todos os parceiros internacionais “a apoiarem os passos corajosos” dos cidadãos da RCA “para trazer paz e estabilidade ao seu país.”

Nomeação

O secretário-geral anunciou também, esta quarta-feira, a nomeação de Mankeur Ndiaye, do Senegal, como seu novo representante especial para o país e chefe da Missão Multidimensional Integrada de Estabilização da República Centro-Africana, Minusca.ONU/Catianne Tijerina

O secretário-geral anunciou também, esta quarta-feira, a nomeação de Mankeur Ndiaye, do Senegal, como seu novo representante especial para o país e chefe da Missão Multidimensional Integrada de Estabilização da República Centro-Africana, Minusca.

Em nota, o líder da ONU destaca que Mankeur Ndiaye é um diplomata experiente com mais de 27 anos de experiência em diplomacia e assuntos internacionais, incluindo o de ministro das Relações Exteriores do Senegal entre 2012 a 2017.

Guterres agradeceu ainda o trabalho desenvolvido neste cargo por Parfait Onanga-Anyanga, do Gabão, que liderava a Missão desde agosto de 2015.

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud