ONU celebra Ano Internacional das Línguas Indígenas pela primeira vez

28 janeiro 2019

Comemoração pretende alertar para a necessidade de preservar as 7 mil línguas indígenas faladas em todo o mundo; 2.680 línguas correm o risco de desaparecer; reconhecimento do seu papel é também importante na construção da paz.

Esta segunda-feira começam as comemorações para assinalar o Ano Internacional das Línguas Indígenas. A agência da ONU para a Educação, Ciência e Cultura, Unesco, é a entidade responsável pela promoção do tema.

O chefe de missão da Unesco na Tanzânia, Tirso Santos, explicou à ONU News a importância da iniciativa.

“A importância das línguas locais não pode ser descurada. As línguas locais identificam as pessoas, identificam as suas práticas tradicionais, identificam a sua cultura e são um instrumento válido para o desenvolvimento.”

Com esta celebração as Nações Unidas pretendem chamar a atenção para a importância das línguas indígenas não só para quem as fala, mas também para a riqueza cultural global. 

Mas, tal como explica Tirso dos Santos estas línguas são também decisivas para a construção da paz.

“O reconhecimento das línguas nacionais é também importante na construção da paz. Se as pessoas se sentem reconhecidas, se elas se encontram numa situação em que contribuem para a construção de uma sociedade mais pacífica.”

Sabia que há...

  • ... 7 mil línguas faladas em todo o mundo?
  • ... 370 milhões de pessoas indígenas no mundo?
  • ... 90 países com comunidades indígenas?
  • ... 5 mil culturas indígenas diferentes?
Banco Mundial/Yosef Hadar
Segundo a Unesco existem 370 milhões de pessoas indígenas no mundo que vivem em comunidades em 90 países.

Para destacar a importância destas línguas, a Unesco irá organizar inúmeros eventos e promover debates sobre a importância da preservação das línguas indígenas. O evento de lançamento terá lugar na sede da agência, em Paris, esta segunda-feira.

Assista aqui à entrevista do chefe de missão da Unesco na Tanzânia: 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud

 

Rastreador de notícias: últimas sobre o tema

“O Brasil imagina que o indígena é uma questão só de pintura e vestimenta”

Entrevista exclusiva com Joênia Wapichana, a primeira indígena a ser eleita deputada federal na história do Brasil. A ativista e advogada recebeu o Prêmio de Direitos Humanos 2018 na ONU. 

Festival da ONU dá prêmio a brasileiro com vídeo sobre povo indígena

Concurso Plural + é dedicado aos temas da migração, diversidade e inclusão social; João Adams Samora conta a história de uma tribo do Peru ameaçada pela poluição e desenvolvimento; outro jovem do Brasil venceu no ano passado.