ONU celebra pela primeira vez o Dia Mundial do Braille

4 janeiro 2019

Acesso a esta linguagem escrita é pré-requisito essencial para promoção dos direitos humanos; perda de visão geralmente conduz a desigualdades; 1,3 bilhão de pessoas vivem com este tipo de distúrbio.

A Assembleia Geral da ONU decidiu, em novembro de 2018, proclamar 4 de janeiro como Dia Mundial do Braille.

A decisão pretende reconhecer que a promoção dos direitos humanos e liberdades fundamentais no contexto do acesso à linguagem escrita é um pré-requisito essencial para a plena realização dos direitos humanos para cegos e deficientes visuais.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, estima que globalmente cerca de 1,3 bilhão de pessoas vivem com alguma forma de distúrbio de visão.

As pessoas com deficiência visual estão mais expostas a maiores taxas de pobreza.

Dia Mundial do Braille, by ONU News

Braille

O braille é uma representação tátil de símbolos alfabéticos e numéricos que utiliza seis pontos para representar cada letra e número, e até mesmo símbolos musicais, matemáticos e científicos.

Este sistema foi inventado por Louis Braille na primeira metade do século 19 e é utilizado por pessoas cegas e com deficiências visuais.

O seu uso permite a comunicação de informações importantes entre pessoas cegas ou com deficiências visuais, garantindo competência, independência e igualdade.

Convenção

O braille é um meio de comunicação para pessoas cegas, como está refletido no artigo 2 da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência. Ele é essencial no contexto da educação, liberdade de expressão e opinião, e acesso à informação e comunicação escrita, bem como quanto à inclusão social de pessoas cegas.

Para os 39 milhões de pessoas que são cegas e os 253 milhões que têm deficiência visual, a perda de visão geralmente aumenta as desigualdades, dificultando o seu acesso a cuidados de saúde e impondo barreiras no acesso à educação e ao trabalho.

Com base em muitas décadas de trabalho da ONU no campo da deficiência, a Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, adotada em 2006, vem proteger ainda mais os direitos e o bem-estar das pessoas com deficiência na implementação da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud