Governo do Mianmar aprova projetos que promovem coesão social

17 dezembro 2018

Altos responsáveis da ONU visitaram o país para avaliar necessidades dos últimos três meses; agências vão apoiar o governo a criar melhores condições para o retorno voluntário de refugiados do Bangladesh.

O secretário-geral adjunto da ONU e diretor regional do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud, para a Ásia e o Pacífico, Haoliang Xu, e o diretor regional adjunto da Agência das Nações Unidas para os Refugiados, Acnur, Bernard Doyle, completaram uma visita de cinco dias a Mianmar.

A delegação visitou Rakhine, incluindo a capital do estado, Sittwe, onde se reuniu com funcionários do governo estadual e local.

Avaliação

Acnur e Pnud apoiam o governo a criar condições mais propícias para o retorno voluntário de refugiados do Bangladesh.
Acnur e Pnud apoiam o governo a criar condições mais propícias para o retorno voluntário de refugiados do Bangladesh.Acnur/ Andrew McConnell

A delegação também visitou várias aldeias no distrito de Maungdaw, onde as duas agências realizaram avaliações  das necessidades dos últimos três meses.

Entre os temas discutidos com as comunidades estão os desafios que enfrentam e as perspetivas para o futuro. A 13 de dezembro, as reuniões foram realizadas com o conselheiros estaduais e representantes dos principais ministérios.

O Pnud e o Acnur congratulam-se com a aprovação pelo Governo de Mianmar para implementar 35 projetos baseados na comunidade em aldeias selecionadas.

Projetos

Os projetos de impacto rápido de pequena escala foram elaborados em consulta com as comunidades afetadas e visam melhorar os meios de subsistência, criar confiança e promover a coesão social entre as diversas comunidades.

O Acnur e o Pnud continuam fortemente empenhados na implementação do Memorando de Entendimento tripartido que foi assinado com o governo há seis meses.

Ambas as agências reiteram os seus apelos anteriores para que haja um acesso mais efetivo às áreas no estado de Rakhine cobertas pelo Memorando de Entendimento, para que possam apoiar o governo a criar condições mais propícias para o retorno voluntário de refugiados de Bangladesh.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud