COP24: desenho animado mostra benefícios de construções com materiais com baixa emissão de carbono
BR

14 dezembro 2018

Produção da Unece e do Governo da Polônia mostra que obras com concreto emitem 40% mais quantidade de carbono do que construções de madeira; emissão de aço é 30% maior.

Um desenho animado produzido pela Comissão Econômica para a Europa, Unece, e o Ministério para o Meio Ambiente e Florestas Nacionais da Polônia procura chamar atenção para o papel da madeira na redução de emissões de gases de efeito estufa na área da construção.

O monstro da mudança climática fica mais forte e toma conta da cidade, by Unece/Reprodução

Com uma história que faz referência a um clássico conto infantil, o vídeo divulgado durante a Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, COP24, foi feito para uma audiência jovem mas a mensagem é para todos habitantes do planeta.

Roteiro

A COP24 discute ações globais para reduzir as emissões de gases de efeito estufa e manter o aquecimento do planeta dentro dos limites estabelecidos no Acordo de Paris.

No desenho, Os Pequenos Três Porquinhos e a Mudança Climática, não é o lobo que coloca a vida dos conhecidos personagens em risco. O perigo é um adversário mais assustador e forte - a mudança climática.

Na história, o primeiro porquinho decide usar cimento para fazer a casa dele na “Cidade de Concreto”, que é um tipo de material que tem emissões de carbono 40% mais altas do que a madeira. Com a escolha, o monstro da mudança climática fica mais forte e toma conta da cidade.

O segundo porquinho decide usar o aço, que emite 30% a mais do que construções com madeira. Mais uma vez, o monstro da mudança climática fica ainda mais forte.

Cidade da Madeira

Já a terceira porquinha opta por construir na “Cidade da Madeira”, repleta de árvores que fornecem habitat para animais e plantas, purificam a água e absorvem as emissões de carbono. Ela replanta cada árvore que usa para construir a casa dela.

Com esta escolha, o monstro da mudança climática fica fraco e não consegue crescer, graças ao impacto ecológico das árvores.

COP24

Para a responsável pela Divisão de Florestas, Terras e Habitação do Unece, Paola Deda, já “era a hora de mudar a narrativa sobre a construção e mudança climática, começando com os pequenos contos para as nossas crianças.”

A representante acrescentou que não se pode continuar “contando as mesmas histórias e que a mudança climática está mudando as necessidades, os habitats e as soluções e contos de fada não podem continuar a promover formas de vida insustentáveis.”

O diretor-geral das Florestas Nacionais da Polônia disse que estava “orgulhoso do desenho por ele destacar a conexão entre as nossas escolhas e os impactos delas no meio ambiente no contexto da mudança climática. “ Andrzej Konieczny acredita que a questão da COP24 é “chamar a atenção para as soluções e os caminhos sustentáveis para reduzir a ameaça da mudança climática.”

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud