António Guterres manifesta condolências pelo acidente que matou 50 no Quênia

António Guterres, secretário-geral da ONU
ONU/Jean-Marc Ferré
António Guterres, secretário-geral da ONU

António Guterres manifesta condolências pelo acidente que matou 50 no Quênia

Assuntos da ONU

Secretário-geral manifestou solidariedade aos quenianos; acidente aconteceu no oeste do país.

O secretário-geral das Nações Unidas declarou estar profundamente triste ao saber do trágico acidente de ônibus no Quênia, que tirou a vida de pelo menos 50 pessoas e deixou muitos outros feridos.

Em nota emitida pelo seu porta-voz, António Guterres estende solidariedade às famílias dos falecidos, aos sobreviventes, ao governo e ao povo do Quénia. 

Acidente

Agências de notícias informaram que o acidente aconteceu no oeste do país quando o ônibus, que viajava entre a capital Nairóbi e a cidade de Kisumu, desviou para fora de uma estrada e caiu em uma encosta, capotando várias vezes. 

De acordo com os relatos, o veículo não tinha licença para circular em estradas à noite. Em 10 meses, 2.345 mil pessoas morreram em acidentes de trânsito no país, um aumento de 8% em comparação ao ano anterior.

O Quênia é considerado um dos países com mais estradas perigosas.