Guterres: “Direitos humanos são de todos”

26 setembro 2018

Evento de Alto Nível assinala os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos; secretário-geral da ONU considera impacto do documento “revolucionário”; Guterres apela a maior participação dos jovens

Em dezembro próximo assinalam-se os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos. No encontro de Alto Nível para assinalar a data, esta quarta-feira, o secretário-geral da ONU sublinhou que “os direitos humanos não dizem respeito apenas ao norte, ao sul, ao oriente, ao ocidente”

Apelo

Por isso, Guterres, pediu a todos os Estados-membros da ONU que ainda não ratificaram a Convenção Internacional dos Direitos Civis e Políticos e a Convenção Internacional dos Direitos Económicos, Sociais e Culturais que o façam de imediato, relembrando que os direitos humanos “reforçam os Estados, as sociedades e a soberania.”

Neste evento, o líder da ONU classificou ainda  o impacto da Declaração, ao longo dos últimos 70 anos, como “revolucionário” , por ter definido “políticas e leis, ao nível global, nacional e regional.”

Em dezembro próximo assinalam-se os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, by Foto/ONU

O secretário-geral recordou que foi a sua luta contra a ditadura de Salazar, em Portugal, que despoletou o seu interesse pela açcão política e deixou um apelo à juventude para que defendam os direitos humanos.

Desafios

Já a Alta Comissária para os Direitos Humanos, Michel Bachelet, considera que é possível “medir  o valor e o poder" destas conquistas.  

Bachelet afirma que “a vida humana melhorou imensamente ao nível global, em saúde, educação e desevolvimento sustentável”, registando-se agora menos marginalização e abusos.

Apesar de muitos conflitos terem sido prevenidos, a Alta Comissária lembra que “há ainda um longo caminho a percorrer. Guterres partilha da mesma opinião. Segundo ele, “há ainda muitas vítimas de violações dos direitos humanos e a igualdade de género é um dos maiores desafios a enfrentar, bem como garantir os direitos dos refugiados, dos migrantes e das minorias.”

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud