“Agora é hora de ação concreta”, diz Guterres após acordo sobre desnuclearização na Península Coreana

20 setembro 2018

Coreia do Norte teria assumido compromisso de desmantelar o mecanismo de testes e lançamento de  mísseis com especialistas presentes; promessa foi feita no encontro entre líderes das duas Coreias em Pyongyang.

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, declarou que “agora é tempo de ação concreta” após o encontro desta quarta-feira entre os líderes da Coreia do Norte, Kim Jong-un, e da Coreia do Sul, Moon Jae-in.

Em nota emitida pelo seu porta-voz, o chefe da ONU saúda o resultado alcançado entre as partes e elogia a determinação e a diplomacia que conduziram à Declaração Conjunta de Pyongyang. 

Lançamentos

Agências de notícias informaram que o líder norte-coreano, Kim Jong-un, concordou em fechar um dos principais sítios de testes e lançamento de mísseis do país depois do diálogo que teve com o seu homólogo sul-coreano Moon Jae-in.   

Secretário-geral da ONU, António Guterres. , by ONU/Loey Felipe

De acordo com os relatos, a promessa assinada por Kim Jong-un prevê encerrar de forma permanente as instalações de Tongchang-ri.

Especialistas 

Guterres destaca as “importantes medidas de reforço da confiança militar” e o compromisso de desmantelar a infraestrutura de testes de mísseis na presença de especialistas de países relacionados ao tema. 

O apelo do chefe da ONU é que “haja união da comunidade internacional para apoiar as partes nos esforços em prol de uma paz sustentável, da segurança e da desmilitarização completa e verificável da região”  como preveem as resoluções do Conselho de Segurança sobre a questão. 

A nota termina com Guterres reafirmando o empenho e a prontidão das Nações Unidas para ajudar ainda mais as partes da forma que acharem mais apropriada.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud