Secretário-geral pede respeito pelos direitos humanos na Nicarágua

Família da Nicarágua que aguarda asilo na Costa Rica.
Acnur/Roberto Carlos Sanchez
Família da Nicarágua que aguarda asilo na Costa Rica.

Secretário-geral pede respeito pelos direitos humanos na Nicarágua

Direitos humanos

Chefe da ONU encontrou-se com ministro das Relações Exteriores do país em Nova Iorque; Guterres disse que está pronto para apoiar processo de diálogo nacional.

O secretário-geral das Nações Unidas pediu respeito pelos direitos humanos do povo da Nicarágua durante um encontro, em Nova Iorque, com o ministro das Relações Exteriores do país.

Em nota, o porta-voz do chefe da ONU disse que António Guterres “insistiu na necessidade de respeito total pelos direitos humanos da população. ”

Encontro

Estudante de medicina, de 21 anos, mostra cicatrizes da violência que diz ter sofrido durante os protestos.
Estudante de medicina, de 21 anos, mostra cicatrizes da violência que diz ter sofrido durante os protestos. , by Acnur/Roberto Carlos Sanchez

Segundo Stephane Dujarric, o secretário-geral também “destacou a importância de um diálogo nacional realmente inclusivo” no encontro com Denis Moncada.

No final, Guterres expressou a prontidão das Nações Unidas para apoiar este processo.

Crise

Segundo o Escritório de Direitos Humanos das Nações Unidas, até 17 de julho, a violência causou 280 mortos e 1.830 feridos na Nicarágua.

As manifestações começaram em abril, criticando a reforma do sistema de pensões e se tornaram um protesto contra o presidente Daniel Ortega.

No mês passado, o secretário-geral da ONU mencionou a situação no país, dizendo que “é absolutamente essencial que se cesse de imediato a violência e seja revitalizado o diálogo político, porque apenas uma solução política é aceitável”.