Ataque contra tropas internacionais mata civis e fere mais de 30 no Mali

2 julho 2018

Explosão ocorreu na província de Gao, a norte; segundo agências de notícias, carro-bomba chocou contra comboio patrulhado por soldados da força contraterrorista francesa que atua no país africano.

O secretário-geral, António Guterres, condenou o ataque contra as forças internacionais ocorrido este domingo na província de Gao, a norte do Mali. 

Agências de notícias informaram que um carro-bomba chocou contra um comboio patrulhado por soldados da força contraterrorista francesa Barkhane.

Soldados 

Pelo menos quatro civis teriam morrido e mais de 31 pessoas, incluindo oito soldados franceses, ficaram feridos no ato.

Em nota, emitida pelo seu porta-voz, António Guterres expressa condolências às famílias das vítimas e ao governo do Mali e deseja uma rápida recuperação aos feridos que incluem o pessoal da Barkhane.

Conselho de Segurança

O chefe da ONU, reiterou que a Organização está determinada em continuar a dar apoio ao país com as forças internacionais que operam sob mandato do Conselho de Segurança.

O secretário-geral termina a nota elogiando os esforços das autoridades e do povo malianos para a estabilização do país africano.

Apresentação: Eleutério Guevane.
 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud