Guterres pede fim imediato da escalada militar no sudoeste da Síria BR

Foto: ONU/Sahem Rababah
Chefe da ONU já esteve com refugiados em Zatari, na Jordânia.

Guterres pede fim imediato da escalada militar no sudoeste da Síria

Assuntos da ONU

Em comunicado divulgado pelo seu porta-voz, secretário-geral da ONU destaca que ataques recentes causaram o desalojamento de milhares de civis, sendo que a maioria segue para a fronteira com a Jordânia.

O secretário-geral da ONU está muito preocupado com a recente escalada militar no sudoeste da Síria. Ataques em terra e bombardeios aéreos resultaram no deslocamento de milhares de civis, sendo que a maioria segue em direção à fronteira com a Jordânia.


Em um comunicado divulgado pelo seu porta-voz na noite desta sexta-feira, António Guterres afirma que essas ofensivas causam grandes riscos para a segurança da região.

Fragilidade

Segundo Guterres, a situação dos civis do sul da Síria já é frágil, por isso ele pede o fim imediato da escalada militar e faz um apelo aos lados envolvidos no conflito para que respeitem os civis.


O chefe da ONU lembra que acordos de cessar-fogo levaram uma relativa calma ao sudoeste da Síria no último ano e faz um apelo por contenção da violência.