Campanha do Unicef contra surto de Ebola na RD Congo chega a mais de 300 mil pessoas BR

O surto de ebola foi declarado na RD Congo em 8 de maio.
OMS/Oka
O surto de ebola foi declarado na RD Congo em 8 de maio.

Campanha do Unicef contra surto de Ebola na RD Congo chega a mais de 300 mil pessoas

Saúde

Fundo das Nações Unidas para a Infância e parceiros ensinam pessoas nas áreas afetadas a prevenirem o vírus mortal; uma em cada 10 pessoas infectadas ou com suspeita de estarem com ebola são crianças.

Um grupo de trabalhadores comunitários está visitando pessoas de casa em casa na República Democrática do Congo, RD Congo, para dar dicas de higiene e outros cuidados que podem ajudar a evitar a infecção pelo ebola.

A campanha do Unicef contra o surto da doença no país africano já atingiu mais de 300 mil pessoas, e deve alcançar 800 mil no total.

Crianças

O trabalho de conscientização também tem como foco as pessoas mais propensas à contaminação como os motoristas de táxi, e mobiliza líderes comunitários, igrejas e a mídia.

De acordo com o Fundo, as crianças são profundamente afetadas pelo ebola. A agência diz que uma em cada 10 pessoas infectadas com o vírus ou com suspeita de infecção é criança.

O representante do Unicef na RD Congo, Gianfranco Rotigliano, disse que a “informação e a mobilização social são chaves na contenção do Ebola”. Ele acrescentou que “durante o último surto do vírus na África Ocidental em 2014 e 2015, se aprendeu que o envolvimento das comunidades locais no compartilhamento de informação sobre como se manter seguro é o que ajuda a evitar que o vírus se espalhe. ”

Vacinas são preparadas para uso em Mbandaka.
OMS/Oka
Vacinas são preparadas para uso em Mbandaka.

Vacinação

Para o Unicef, a divulgação nas comunidades também é uma outra parte importante da campanha de vacinação contra o ebola. O governo da RD Congo e parceiros já vacinaram mais de 1,1 mil trabalhadores de saúde, além de pessoas que tiveram contato com pessoas infectadas nas três áreas afetadas. 

A agência da ONU disse que precisa de um fundo de US$ 11,5 milhões para financiar o plano de contenção contra o ebola no país. Deste valor, US$ 8 milhões foram arrecadados.

O surto de ebola foi declarado na RD Congo em 8 de maio, após terem sido confirmados casos em Bikoro, no noroeste do país. 

Apresentação: Daniela Gross.