Maria de Jesus Ferreira é a nova embaixadora de Angola junto da ONU

22 maio 2018

Representante entregou cartas credenciais na segunda-feira ao secretário-geral; nova embaixadora sucede a Ismael Martins que representou o país durante 17 anos junto da organização.

A embaixadora Maria de Jesus Ferreira é, desde segunda-feira, a nova representante permanente de Angola junto da ONU.

A angolana apresentou as suas cartas credenciais ao secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, durante um encontro na sede da organização em Nova Iorque.

Compromisso

Segundo uma nota da missão de Angola, “a diplomata reafirmou o compromisso de Angola com os princípios da Carta das Nações Unidas, que considera o multilateralismo e o diálogo como a principal via para alcançar a paz e segurança internacional, assim como reforçar a cooperação internacional.”

A embaixadora também confirmou ao secretário-geral o apoio do país ao processo de reformas das Nações Unidas e assumiu o compromisso de “trabalhar e transmitir a sua experiência para que a ONU alcance os objectivos preconizados na Carta.”

Assista neste video a possa da nova embaixadora de Angola junto à ONU. 

A nota afirma que o secretário-geral agradeceu o apoio de Angola às suas reformas e “enalteceu o papel de liderança que Angola tem desempenhado na árdua tarefa de pacificar o continente africano, com destaque para a região dos Grandes Lagos.”

Na mesma nota, a embaixada afirma que “o secretário-geral saudou as reformas que o governo angolano tem vindo a efectuar, sob liderança do presidente João Lourenço, em prol do desenvolvimento socioeconómico do país.”

Acnur/G.Dubourthoumieu
Um dos temas na agenda de Angola junto da ONU, é a situação dos refugiados da RD Congo que procuraram abrigo no país.

Perfil

Maria de Jesus Ferreira foi nomeada a 7 de fevereiro pelo presidente angolano, João Lourenço.

A diplomata é a primeira mulher a exercer o cargo de embaixadora extraordinária e plenipotenciária e representante permanente de Angola junto da Organização das Nações Unidas. 

Licenciada em Direito e mestre em Direito Internacional, a diplomata era, desde 2011, embaixadora na Áustria, Eslovénia, Croácia e Eslováquia, com residência em Viena. Além disso, ela foi representante permanente  junto da ONU em Viena.

A embaixadora é brigadeiro das Forças Armadas Angolanas na reserva, tendo sido transferida do Ministério da Defesa para o Ministério das Relações Exteriores em 1980, onde exerceu vários cargos de direção dentro e fora do país.

Maria de Jesus Ferreira participou na luta pela independência de Angola, declarada em 1975.

Apresentação: Alexandre Soares.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud