ONU elogia realização de cimeira histórica entre Coreia do Norte e Coreia do Sul

27 abril 2018

Em nota, secretário-geral António Guterres saudou a coragem e a liderança que resultaram em compromissos importantes e ressaltou importância de diálogo sincero.

O secretário-geral das Nações Unidas elogiou o encontro entre os líderes da Coreia do Norte, Kim Jong-un, e da Coreia do Sul, Moon Jae-in, realizado nesta sexta-feira.

Para António Guterres, foi uma “cimeira verdadeiramente histórica”, realizada na fronteira entre os dois países. Pela primeira vez, o atual líder norte-coreano cruzou o limite das duas nações para a reunião em solo sul-coreano.

Próximos passos

Numa nota emitida pelo seu porta-voz, António Guterres afirma que “muitos em todo o mundo se emocionaram com as imagens poderosas de dois líderes se unindo para promover a harmonia e a paz na Península Coreana.”

O secretário-geral saúda ainda “a coragem e a liderança que resultaram nos importantes compromissos e ações acordados, delineados na Declaração de Panmunjom para a Paz, Prosperidade e Unificação da Península Coreana.”

Na nota, Guterres diz contar com ambas as partes para “implementar rapidamente todas as ações acordadas para promover a construção e a reconciliação intercoreana, um diálogo sincero, e o progresso rumo à paz sustentável e à desnuclearização verificável na Península Coreana.”

Cimeira com EUA

O chefe da ONU referiu-se ainda à cimeira que deve acontecer entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte no próximo mês. Guterres espera que “estes ganhos sejam consolidados e avancem.”

No final da nota, o Secretário-Geral “promete o seu compromisso e prontidão para continuar a ajudar nestes importantes processos.”

 

Apresentação: Eleutério Guevane

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud