África planeja censos populacionais pela internet a partir de 2020

29 março 2018

Proposta foi defendida em encontro com mais de 40 especialistas em Yaoundé, capital dos Camarões; projeto vai contar com Divisão de Estatísticas das Nações Unidas.

A Comissão Econômica das Nações Unidas para África, ECA, e o Governo dos Camarões anunciaram uma parceria para realizar censos populacionais na África com a ajuda de telefones celulares e da internet já a partir de 2020.

O tema foi debatido em Yaoundé, capital camaronesa, por mais de 40 especialistas incluindo profissionais da Divisão de Estatísticas das Nações Unidas, que participa da iniciativa.

Referência

O projeto deve ajudar ainda a implementar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, da Agenda 2030. O grupo deve redigir as diretrizes do uso de coleta eletrônica de dados e tecnologias sobre censos populacionais e de habitação que servirão como referência global.

O mundo tem atualmente mais de 5 bilhões de assinaturas de telefones celulares. Para os especialistas da ONU, o censo com a ajuda da internet pode ganhar em agilidade, rapidez e conveniência além de ser mais barato e menos complexo em termos de logística.

O diretor do Escritório para África Central da Eca, Antonio Pedro, afirma que há desafios a serem considerados com as mudanças da tecnologia, resistência à mudança e altos custos de treinamento além da segurança de dados.

A ECA lembrou que a cooperação é vital para o sucesso do plano e que Camarões e Mali já cooperam nessa área.

Apresentação: Monica Grayley.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud