Secretário-geral da ONU condena ataque terrorista na França
BR

23 março 2018

Pelo menos três pessoas foram assassinadas, duas num supermercado em Trébes,  perto da na cidade turística de Carcassone, no sul do país; segundo agências de notícias, assassino teria dito pertencer ao grupo terrorista Estado Islâmico do Iraque e do Levante, Isil.

O chefe das Nações Unidas, António Guterres, repudiou o ataque ocorrido na manhã desta sexta-feira, no sul da França, que matou pelo menos três pessoas

Em nota, divulgada pelo seu porta-voz (foto), Guterres elogiou as forças de segurança que responderam rapidamente ao atentado ajudando a salvar vidas.

Solidariedade

Segundo agências de notícias, um homem alegando ser um "soldado" do grupo terrorista Isil teria invadido um supermercado em Trébes, perto da cidade turística de Carcassone, e feito vários reféns. Os relatos dão conta de que duas pessoas foram mortas e 16 ficaram feridas no incidente.

Guterres enviou pêsames às famílias das vítimas e desejou pronta recuperação aos feridos. Ele expressou condolências ao povo e ao governo da França.

O chefe da ONU encerrou a nota dizendo que a organização é solidária ao governo francês em sua luta contra o terrorismo e o extremismo violento.

Apresentação: Monica Grayley.

 

 

 

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud