Emprego para jovens em zonas rurais são importantes para prosperidade de África

26 fevereiro 2018

Continente precisa criar 12 milhões de novos trabalhos a cada ano para absorver todos os jovens; novas oportunidades podem estar em setores relacionados com agricultura, como processamento, transporte e distribuição de alimentos.

Alexandre Soares, da ONU News em Nova Iorque.

São precisas novas oportunidades de emprego para jovens no setor da alimentação nas zonas rurais de África, disse o diretor-geral da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO.

José Graziano da Silva falava na Conferência Regional para África, em Cartum, no Sudão, que este ano foi dedicada ao tema do emprego atrativo e decente no continente africano.

Trabalho

Graziano da Silva disse que “os países precisam de fazer uma transformação rural estrutural que promova sinergias entre atividades de agricultura e áreas relacionadas.”

O diretor-geral deu como exemplo os setores de processamento, transporte e distribuição de produtos alimentares, bem como serviços de gestão e financeiros.

Segundo estimativas da ONU, nas próximas duas décadas o continente precisa de criar 12 milhões de novos trabalhos a cada ano para absorver todos os jovens. Hoje, 54% de todos os trabalhadores africanos dependem do setor da agricultura para a sua subsistência.

Oportunidades

Com o número cada vez maior de pessoas do campo a migrar para cidades, a FAO acredita que vão ser criadas novas oportunidades em todas as atividades relacionadas com agricultura.

Graziano da Silva disse que “mais do que nunca, parcerias estratégicas entre a União Africana, o Banco de Desenvolvimento Africano e o sistema da ONU são necessárias” para aproveitar estas oportunidades.

O diretor-geral deu o exemplo de um programa da FAO chamado "Emprego Jovem: tornando possível empregos decentes na agricultura e agroindústria". Esta iniciativa procura ajudar os agricultores a desenvolver os seus negócios, através de planeamento e parcerias.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud