Acnur preocupada com morte de 13 sírios perto da fronteira com o Líbano
BR

21 janeiro 2018

Grupo que incluía mulheres e crianças foi vítima de tempestade enquanto tentava entrar em território libanês; todas as pessoas integravam uma rota de contrabando.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

A Agência da ONU para Refugiados, Acnur, está preocupada com a morte de 13 sírios na noite de quinta para sexta-feira na área de Masnaa perto da fronteira do seu país no leste do Líbano.

As vítimas que incluem homens, mulheres e crianças perderam a vida durante uma tempestade quando tentavam entrar em território libanês como parte de uma rota de contrabando.

Passagem difícil

A agência da ONU contou que o grupo tentava atravessar uma passagem difícil e acidentada em temperaturas gélidas.

image
Crianças sírias refugiadas em assentamento informal no Vale do Becá, no Líbano. Foto: Acnur/Sam Tarling

Uma outra parte deles, que inclui uma mulher grávida, foi descoberta a tempo e apoiada por residentes e membros das Forças Armadas Libanesas e da Defesa Civil até chegar aos hospitais.O Acnur destaca que essas mortes trágicas ilustram o desespero dos que tentam alcançar a segurança no Líbano e que estes “recordam que a situação na Síria continua muito difícil e que as pessoas enfrentam grandes riscos para atravessar em segurança”.

Em nota, a agência apresentou condolências às famílias dos falecidos. O apelo feito aos Estados é que estes permitam a passagem segura e a entrada de pessoas que precisam de proteção.

Notícias relacionadas: 

Atriz Cate Blanchett diz que 2018 pode ser ano decisivo para refugiados

Civis sob impactos arrasadores com aumento dos conflitos na Síria

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud