Brasil vai priorizar migração, direitos das mulheres e reforma da ONU em 2018
BR

26 dezembro 2017

Embaixador do país junto às Nações Unidas, em Nova Iorque, falou à ONU News que o país deve continuar cooperando com a reforma dos três pilares da organização.

Monica Grayley, da ONU News em Nova Iorque.

Em 2018, o Brasil deve priorizar alguns tópicos em sua cooperação com as Nações Unidas. Além de continuar trabalhando no cumprimento da Agenda 2030, de desenvolvimento sustentável, o país deve dar especial atenção à criação do primeiro Pacto Global sobre Migração.

As consultas regionais sobre o possível tratado foram encerradas no início de dezembro na cidade mexicana de Puerto Vallarta. De acordo com o embaixador do país junto à ONU, Mauro Vieira, a iniciativa está no topo da agenda brasileira nas Nações Unidas.

Situação das mulheres

“Eu acho que há uma primeira grande iniciativa que é o Pacto Global de Migrações. Mas o Brasil tem também várias outras prioridades. O Brasil tem uma atuação intensa na Comissão sobre a Situação das Mulheres, CSW, em que o Brasil vai continuar atuando como no passado, inclusive tendo presidido. E continuaremos não mais na presidência, mas atuando intensamente.”

Ao comentar a reforma do Sistema das Nações Unidas, proposta pelo secretário-geral, António Guterres, o embaixador Mauro Vieira disse que as mudanças devem servir para promover a Carta da ONU.

Instrumento

“A reforma nos três pilares é muito importante para o Brasil.  A reforma na área, no pilar de desenvolvimento, de paz e segurança, direitos humanos e também na área administrativa. Acreditamos que é indispensável uma reforma de todo o Sistema das Nações Unidas, nos modelos propostos pelo secretário-geral, para atualizar a organização e para que ela seja um instrumento de promoção dos objetivos consagrados na Carta.”

O embaixador Mauro Vieira também falou sobre a participação do Brasil na Missão da ONU no Haiti, Minustah, por 13 anos. A Missão foi encerrada em outubro de 2017. Vieira também mencionou a cooperação com a CPLP, entre outros tópicos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud