Equipes do Unicef trabalham contra o relógio para ajudar filipinos
BR

26 dezembro 2017

Após tufão, agência da ONU presta assistência, enviando kits para garantir água e saneamento e tendas para as famílias afetadas; crianças têm maior risco de contrair doenças através de água contaminada.

Após tufão, agência da ONU presta assistência, enviando kits para garantir água e saneamento e tendas para as famílias afetadas; crianças têm maior risco de contrair doenças através de água contaminada.

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque.

As equipes do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, estão trabalhando contra o relógio para ajudar a população das Filipinas após a passagem do tufão Tembin, conhecido localmente como Vinta.

A chefe de operações do Unicef no país, Lotta Sylwander, afirmou que a agência está solidária com as crianças e as famílias afetadas pela tempestade, que atingiu a região de Marawi, no sul das Filipinas, enquanto muitos se preparavam para celebrar o Natal.

Água limpa

Pelo menos 200 pessoas morreram e mais de 100 estão desaparecidas, mas o Ocha acredita que esses números possam subir, já que os trabalhos de resgate continuam.

O Unicef está apoiando o governo na avaliação dos riscos para as crianças e tentando amenizar o sofrimento da melhor forma. Vários itens já estão prontos para serem enviados às zonas afetadas pela tempestade, incluindo tanques de água para uso comunitário, tabletes de purificação, galões para armazenar água e tendas para abrigar as famílias.

Segundo a agência, a situação das famílias desalojadas preocupa, uma vez que os acampamentos foram afetados fortemente pela tempestade e muitas barracas foram destruídas.

Mortes

O Unicef lembra que neste tipo de emergência, as crianças acabam sendo as que têm maior risco de doenças pelo contato com água contaminada, falta de comida e outras ameaças impostas após um desastre natural. Por isso a prioridade é proteger esses menores.

O Escritório da ONU para Coordenação de Assuntos Humanitários, Ocha, informa que ocorreram enchentes e deslizamentos de terra em várias cidades das Filipinas. A tempestade afetou quase 270 mil pessoas, sendo que 160 mil civis ficaram desabrigados.

Notícias relacionadas:

ONU lamenta perda de vidas com tempestade Tembin nas Filipinas 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud