Testemunho de Cox’s Bazar: “criar condições básicas é grande complicação”
BR

26 outubro 2017

Responsável de operações humanitárias da OIM narra em primeira pessoa como lida com o que mudou em seis semanas; ONU estima que 603 mil refugiados chegaram à cidade que faz fronteira com o Mianmar desde agosto.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

Andrew Lind administra operações humanitárias na Organização Internacional para as Migrações, OIM, e mostra o lado humano dos que prestam assistência a refugiados da minoria rohingya que fogem de Mianmar para o Bangladesh.

O funcionário falou à ONU News de Cox's Bazar, a cidade portuária bengalesa que faz fronteira com o país onde tem origem o fluxo dos que fogem da violência chegando a “centenas de barcos por dia”.

Capacidade

“Temos uma situação onde a escala ou a quantidade de trabalho que temos que fazer para criar condições básicas, mesmo básicas para estas pessoas, é uma complicação grande. Foi muito bom que todos os países contribuíram porque situação aqui para Bangladesh é difícil. O país tem uma capacidade grande mas em termos de desenvolvimento eles precisam de apoio para ajudar às pessoas, os refugiados, porque provavelmente hão de ficar aqui por algum tempo até eles possam voltar.”

Esta semana,  doadores anunciaram mais de US$ 344 milhões para acelerar a entrega de assistência humanitária essencial aos refugiados rohingya e comunidades de acolhimento em Bangladesh até fevereiro.

Assentamentos

A OIM estima que 603 mil refugiados chegaram a Cox's Bazar desde agosto e juntaram-se a outros cerca dos 200 mil que se abrigavam em assentamentos da área.

A maioria dos recém-chegados “vem com nada além das roupas em suas costas, muitas vezes tendo caminhado por dias sem comida ou água. Muitos experimentaram um trauma devastador físico e emocional.”

A agência da ONU já distribuiu mais de 6,6 mil kits de higiene para as famílias mais vulneráveis. As operações incluem a oferta de abrigo, de instalações de saúde, água, saneamento e higiene.

O plano de resposta internacional prevê atender as necessidades de um 1,2 milhão de refugiados recém-chegados além de comunidades anfitriãs bengalesas.

Notícias relacionadas:

Conferência arrecada US$ 335 milhões de assistência à minoria rohingya

Cerca de 12 mil crianças rohingya fogem para o Bangladesh por semana 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud