OMS leva tratamento para pacientes de doenças crónicas em crises

25 outubro 2017

Iémen, Iraque e Síria entre os primeiros recetores do novo tipo de assistência; doenças crónicas matam sete em cada 10 pessoas no mundo OMS destaca que problema mata 50 milhões de pessoas por ano.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, anunciou um novo programa que distribui kits para tratar doenças crónicas em situações de conflito e emergências.

A agência revelou que o Médio Oriente é uma das áreas pioneiras da iniciativa porque é onde mais prevalecem doenças crónicas no mundo. Em crises como do Iémen, da Síria e do Iraque vários médicos não têm meios para lidar com o tipo de pacientes.

Impacto

O encarregado da área de Doenças Crónicas no Escritório Regional da OMS para a região do Mediterrâneo, Slim Slama, destacou como o programa pretende ter impacto nos necessitados.

O representante contou que a prioridade é lidar com as doenças mais comuns como as cardiovasculares, o diabetes além de doenças respiratórias, mentais e neurológicas.

Os kits são enviados a armazéns locais antes de serem transportados para a linha da frente em situações de conflito e de desastres.

Padrão

Cada unidade com medicamentos, suprimentos e equipamentos segue um padrão desenhado para gerir as doenças crónicas mais frequentes e servir pelo menos 10 mil pessoas em três meses.

A nível global, as doenças crónicas matam sete em cada 10 pessoas. A OMS destaca ainda que 50 milhões de pacientes entre 30 e 70 anos perdem a vida devido a essas enfermidades por ano.

Para a agência, a nova abordagem é essencial porque o grupo de beneficiários “tem um papel importante na reconstrução das comunidades e para revitaliza-las na fase de emergências.”

Notícias relacionadas:

ONU abriga conferência de doadores para refugiados rohingya  

OMS rescinde nomeação de Robert Mugabe como embaixador da Boa Vontade 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud