Moçambique : A educação é uma ferramenta para erradicação da pobreza

20 outubro 2017

Apostar na educação da rapariga e rapazes é uma das formas de lutar contra pobreza em Mocambique. Afirma Larsen Cândido membro da associação de solidariedade social Charis.

Ouri Pota da ONU News em Maputo.*

O mundo tem 13 anos para cumprir a Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável. O plano global prevê satisfazer as necessidades básicas dos mais pobres, um tema que foi realçado esta semana no Dia Internacional para Erradicação da Pobreza proclamado pela ONU.

Em Moçambique, vários são os desafios. A ONU News em Maputo ouviu Larsen Cândido da Associação de Solidariedade Social Charis. Ele citou a importância da educação como ferramenta chave para erradicação da pobreza no país.

Privilégio

“A educação, em Moçambique, está a estratificar-se muito, está a começar a existir a educação elitista e a educação que é precária do ensino público. E é preciso que se reforce o ensino público, porque o ensino público é a maioria, e é preciso que elas amanhã, pelo menos, não estejam tão desfasadas em termos de qualidade de formação com as crianças que têm privilégio de estar no ensino com maior qualidade”.

Larsen, representante da Associação Charis, disse ainda que a aposta na educação passa por desafios relacionados com usos e costumes do povo moçambicano, porém a sua associação já tem um plano de ação.

Educação

“Nós pretendemos aproximarmos dessas famílias para poder fazer um trabalho de apoio, de suporte para que estas famílias continuem a enviar as suas filhas para escolas, que previnam pela educação essas mesmas raparigas de terem gravidezes indesejadas e também possam ter condições para que não se desvie daquilo que é essencialmente a sua formação”

A erradicação da pobreza é o Objetivo Número 1 de Desenvolvimento Sustentável. O primeiro dos 17 que integram a Agenda 2030, aprovada pela Assembleia Geral das Nações Unidas e que deve ser implementada por países desenvolvidos e em desenvolvimento numa grande parceria internacional.

*Apresentação: Eleutério Guevane.

De Maputo para ONU News, Ouri Pota

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud