ONU promete apoio para consolidar avanços com nova missão no Haiti
BR

18 outubro 2017

Foco da Missão da ONU para o Apoio à Justiça será reforço do Estado de direito, da polícia nacional e promoção de direitos humanos; nas boas-vindas à Minujusth, organização prometeu ajudar transição para reformas estruturais e desenvolvimento.

Denise Costa da ONU News, em Nova Iorque.

A Missão das Nações Unidas para o Apoio à Justiça, Minujusth, iniciou o seu mandato nesta segunda-feira, 16 de outubro.

Em nota emitida pelo seu porta-voz, o secretário-geral da ONU, deu as boas-vindas à nova missão e afirmou estar confiante no trabalho em parceria do povo e governo haitianos e equipa das Nações Unidas no país.

Inauguração

A cerimónia de abertura em Porto Príncipe, contou com a presença do ministro dos Negócios Estrangeiros do Haiti, Antonio Rodrigue, funcionários do governo, representantes da comunidade diplomática, do setor privado e da sociedade civil.

No seu discurso, o representante especial adjunto do secretário-geral da ONU para o Haiti, Mamadou Diallo, expressou o pleno apoio da missão e das agências das Nações Unidas, fundos e programas para consolidar os progressos.

A outra meta é garantir a passagem da estabilização para as reformas estruturais e o desenvolvimento institucional a longo prazo.

Futuro

Diallo disse estar convencido que o Haiti vai aproveitar a oportunidade com a implementação da nova missão, para consolidar a estabilidade política adquirida nos últimos anos, e abrir um caminho para um futuro democrático, estável e próspero.

A Missão da ONU para o Apoio à Justiça, vai ajudar o governo haitiano a fortalecer as instituições do Estado de direito, desenvolver as capacidades da polícia nacional e promover os direitos humanos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud