São Tomé e Príncipe: Construção, agricultura e turismo estimulam economia

9 outubro 2017

FMI elogia autoridades do arquipélago por cumprimento de medidas corretivas para baixar o défice; instituição recomenda orçamento mais consolidado para 2018.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

O ritmo do crescimento económico de São Tomé e Príncipe continua a acelerar e este ano o Produto Interno Bruto, PIB, deve atingir 4%.

A previsão é do Fundo Monetário Internacional, FMI, que informou que este ano a inflação deve fixar-se em 6,5%. A principal razão foi o aumento dos preços dos produtos locais após a queda de chuvas mais do que o normal.

Crescimento

A médio prazo, o FMI vaticina uma forte atividade nos setores de construção, da agricultura e do turismo que deverão fazer subir o PIB real para perto de 6%.

A instituição ressalta que as autoridades do arquipélago cumpriram as medidas corretivas para reduzir o défice em áreas das reservas nacionais e internacionais e financiamento bancário.

A instituição observa, no entanto, que a implementação de reformas estruturais decorre em ritmo lento, principalmente devido às limitações nas capacidades e nos atrasos no fornecimento de assistência técnica.

Para o resto do ano, as autoridades são-tomenses foram recomendadas a reforçar a recolha de impostos especialmente em grandes contribuintes e empresas estatais.

Recursos

As autoridades de São Tomé também devem fazer “um acompanhamento cuidadoso das previsões de receitas e continuar com o apoio ao orçamento para ajudar a fazer corresponder as despesas com os recursos disponíveis”.

À medida que as receitas domésticas continuam baixas, o apoio ao orçamento externo deve diminuir e o nível de dívida continuar elevado. O FMI quer que o orçamento de 2018 seja mais consolidado para garantir a disponibilidade dos recursos adequados para financiar setores como saúde e educação.

*Apresentação: Denise Costa.

Notícias relacionadas: 

Vídeo: Discurso São Tomé e Príncipe

São Tomé e Príncipe quer mais ambição em fundos contra mudança do clima

FMI: Europa precisa de reformas apesar da recuperação económica

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud