Missão da ONU autorizada a verificar trégua entre governo colombiano e ELN
BR

6 outubro 2017

Conselho de Segurança aprovou resolução por unanimidade; órgão também autorizou envio de mais observadores internacionais.

Laura Gelbert Delgado, da ONU News em Nova Iorque.

O Conselho de Segurança aprovou, por unanimidade, a expansão do mandato da Missão de Verificação das Nações Unidas na Colômbia.

Pela nova resolução, a nossa Missão verificará, até 9 de janeiro de 2018, o cumprimento do acordo de cessar-fogo “temporário, bilateral e nacional” entre o governo colombiano e o Exército de Libertação Nacional, ELN.

Observadores

O Conselho também aprovou a adição de um número máximo de 70 observadores internacionais, conforme solicitado pelo secretário-geral.

O acordo de cessar-fogo temporário e bilateral entre o governo colombiano e o ELN foi firmado em Quito, capital do Equador, em setembro. O cessar-fogo entrou em vigor em 1º de outubro e deve permanecer vigente até a segunda semana de janeiro de 2018.

Na quinta-feira, o Conselho de Segurança também adotou uma declaração em que reconheceu o trabalho da anterior Missão da ONU na Colômbia, que já encerrou suas atividades.

O órgão saudou as “realizações notáveis” da Missão no país após o acordo final de 2016 entre o governo colombiano e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia – Exército do Povo, Farc-EP.

Notícias Relacionadas:

Observadores da ONU concluem processo de remoção de armas das Farc-EP

Secretário-geral elogia criação de nova missão política da ONU na Colômbia

Conselho de Segurança aprova nova missão de verificação para a Colômbia

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud