Enviado da ONU condena ataque que matou forças de segurança de Israel
BR

26 setembro 2017

Ato teria sido levado a cabo por  um palestino na Cisjordânia; um membro da polícia e um segurança perderam a vida no incidente que teve um ferido grave.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.*

O coordenador especial das Nações Unidas para o Processo de Paz no Oriente Médio condenou, esta terça-feira, o ataque a tiros realizado por um palestino contra o pessoal de segurança de Israel na Cisjordânia.

Nickolay Mladenov deplora “que o Hamas e outros grupos continuem a glorificar tais atos, que prejudicam a possibilidade de um futuro pacífico para palestinos e israelenses.” A nota exorta ainda a todos “a condenar a violência e a enfrentar o terrorismo”.

Assentamento

De acordo com agências de notícias, o elemento da polícia de Israel e dois guardas de segurança perderam a vida, enquanto um outro ficou gravemente ferido no ataque ocorrido durante a manhã no assentamento Har Adar.

O enviado considerou o ato deplorável, na nota em que expressa condolências aos mais próximos das vítimas e deseja uma rápida recuperação aos feridos.

*Apresentação: Monica Grayley.

Notícias relacionadas:

Oriente Médio: assentamentos continuam minando esforços de paz, diz enviado

Conselho de Segurança discute situação em Jerusalém

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud