Secretário-geral condena ataque que matou três soldados de paz no Mali
BR

25 setembro 2017

Pelo menos três boinas azuis de Bangladesh morreram e outros cinco ficaram feridos; ação ocorreu neste domingo no norte do país.

Laura Gelbert Delgado, da ONU News em Nova Iorque.

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, condenou neste domingo o ataque à Missão da ONU no Mali, Minusma. O atentado, no norte do país, matou três soldados de paz do Bangladesh.

Guterres reafirmou a determinação da ONU em apoiar ações voltadas a restaurar paz duradoura e segurança ao Mali.

Acordo de paz

Em nota emitida por seu porta-voz, o secretário-geral fez um apelo ao governo e a grupos armados signatários que acelerem a implementação do acordo de paz.

Segundo agências de notícias, um comboio da Minusma atingiu um explosivo enquanto viajava na região de Gao. Pelo menos três boinas azuis de Bangladesh morreram e outros cinco ficaram gravemente feridos.

De acordo com a nota, o secretário-geral lembrou que a resolução 2374 do Conselho de Segurança, de 5 de setembro de 2017, prevê a imposição de sanções contra entidades ou indivíduos obstruindo a implementação do acordo de paz e que atacam o pessoal das Nações Unidas”. 

O secretário-geral enviou suas condolências ao governo do Bangladesh e às famílias das vítimas e desejou rápida recuperação aos feridos.

Notícias Relacionadas:

Forças de paz morrem após ataque a comboio de veículos no norte do Mali 

Soldado de paz entre os mortos em ataque a acampamento da ONU no Mali 

Soldados de paz morrem em queda de helicóptero no Mali 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud