Presidente Trump diz na ONU que EUA estão num bom caminho
BR

19 setembro 2017

Em primeiro discurso na Assembleia Geral, Donald Trump ressaltou ainda temas como a guerra na Síria, o movimento de refugiados e a tensão na Península Coreana.

Denise Costa da ONU News, em Nova Iorque.

No seu primeiro discurso na Assembleia Geral da ONU, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, iniciou lembrando as vítimas do furacão Irma e agradecendo as mensagens de solidariedade que recebeu de outros países.

Trump afirmou que os Estados Unidos estão num bom caminho e disse que a economia está no “seu ponto máximo”.

Ao falar das Nações Unidas, o presidente norte-americano declarou que apesar de todos os países terem objetivos diferentes, a “linda visão” que levou à criação da ONU permite que as pessoas trabalhem lado a lado.

Aplausos

Donald Trump enfatizou que sempre colocará o seu país em primeiro lugar e que todos os outros deverão fazer o mesmo. O novo presidente norte-americano disse os Estados Unidos querem harmonia e amizade, e não conflitos e divergências.

O presidente americano elogiou a decisão do Conselho de Segurança de impor sanções à Coreia do Norte após o país realizar o sexto teste nuclear. Ele lembrou que o seu governo está preparado para defender os Estados Unidos e os seus aliados.

Falando sobre o conflito na Síria, Trump agradeceu às agências das Nações Unidas pela assistência humanitária fornecida em áreas libertadas pelo grupo terrorista Estado Islâmico do Iraque e Levante, Isil, mencionando a Jordânia, Turquia e o Líbano pelo seu papel no acolhimento de refugiados sírios.

Reforma

Ainda sobre a ONU, o chefe dos Estados Unidos agradeceu ao secretário-geral pelo reconhecimento da reforma das Nações Unidas sendo possível desta forma ser um parceiro apto a enfrentar as ameaças à soberania, à segurança e à prosperidade.

Outros temas abordados no discurso do presidente dos Estados Unidos foram a situação política em Cuba e na Venezuela.