ONU aponta desafio de inclusão e segurança no Sudão do Sul
BR

24 agosto 2017

Conselho de Segurança discutiu situação do país; vice-chefe das operações de paz reitera que líderes devem trazer o país de volta do abismo iminente; enviado revela preocupação com eleições agendadas para o próximo ano.

Eleutério Guevane da ONU News em Nova Iorque.*

O subsecretário-geral adjunto das Operações de Manutenção da Paz disse que apesar de algum progresso no Diálogo Nacional, o desafio do Sudão do Sul é alcançar a inclusão e um ambiente de liberdade e segurança.

Falando esta quinta-feira ao Conselho de Segurança, El Ghassim Wane declarou que o conflito no Sudão do Sul foi causado pelo homem e os líderes do país são os seus responsáveis diretos. O representante sublinhou que “os mesmos líderes devem trazer o país de volta do abismo iminente”.

Paz Sustentável

Para o vice-chefe das Operações de Paz, é necessário “vontade política genuína” para conter as ações militares, negociar de forma pacífica e alcançar os compromissos necessários para uma paz sustentável.

Um outro factor essencial no processo é que “os líderes do Sudão do Sul ouçam a exigência unificada da comunidade internacional em relação às expectativas em relação a eles.”

Governo e oposição

No evento, o enviado especial do secretário-geral para o Sudão e o Sudão do Sul disse que no campo de batalha continuam a atuar forças tanto do governo como da oposição.

Nicholas Haysom  destacou que paralelamente aos esforços de pacificação militar, o governo vem criando aparentes esforços de reconciliação.

O enviado enfatizou que “a insegurança, o deslocamento da população e a falta de instituições apropriadas em ambiente étnico cada vez mais dividido, desmotivam a organização de eleições credíveis dentro de um ano e podem contribuir para aprofundar e ampliar o conflito”.

*Apresentação: Michelle Alves de Lima.

Notícias relacionadas:

Sul-sudaneses voltam para casa após viverem no maior local de proteção

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud