ONU libera US$ 2,5 milhões para enfrentar a crise da energia em Gaza
BR

25 agosto 2017

Coordenador para ajuda humanitária, Robert Piper, afirmou que “o grave declínio nas condições de vida em Gaza continua”; crise de eletricidade ocorre desde meados de abril.

Laura Gelbert Delgado, da ONU News em Nova Iorque.

Gaza está entrando no quarto mês de uma grave crise de energia e as Nações Unidas liberaram mais US$ 2,5 milhões de um fundo humanitário para cobrir necessidades urgentes no local.

Em comunicado à imprensa, o coordenador para ajuda humanitária e atividades de desenvolvimento para os Territórios Palestinos ocupados, Robert Piper, afirmou que “o grave declínio nas condições de vida em Gaza continua”.

Recursos

Os recursos do fundo humanitário vão fortalecer uma operação da ONU que fornece combustível a geradores que mantém o funcionamento de cerca de 190 instalações de saúde, água e saneamento. Praticamente todos os 2 milhões de palestinos vivendo em Gaza se beneficiam da operação.

O financiamento também fornecerá equipamento médico. Painéis solares, assistência em dinheiro e suprimentos agrícolas também serão incluídos para aumentar a segurança alimentar e reduzir os custos da produção de alimentos para 2,2 mil pequenos agricultores.

Crise de eletricidade

Gaza tem passado por uma grave crise de eletricidade desde meados de abril quando a usina elétrica local foi desligada devido a uma disputa entre a Autoridade Palestina e o grupo Hamas sobre impostos para o combustível necessário à instalação.

O fornecimento de energia a domicílios e serviços cobriu 25% das necessidades nas últimas seis semanas. Hospitais, por exemplo, estão operando com geradores quase todo o tempo. O Escritório da ONU para a Coordenação de Assuntos Humanitários, Ocha, também alertou para escassez de medicamentos.

No início de julho, parceiros humanitários identificaram uma lista de intervenções prioritárias para responder à crise atual em Gaza e fizeram um apelo urgente por US$ 25 milhões que, até o momento, foi financiado em apenas 30%.

Notícias Relacionadas:

Representante da ONU pede compromisso global por solução de dois Estados

Relatores alertam sobre falta de energia que afeta mais de 2 milhões em Gaza

Equipe da ONU lança relatório sobre situação sócio-econômica em Gaza 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud