Jovens da Líbia “precisam sentir confiança” que vão ter oportunidades
BR

21 agosto 2017

Declaração é da portuguesa Maria do Valle Ribeiro que é vice-representante das Nações Unidas no país; mais de um terço da população líbia tem menos de 21 anos.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

A vice-representante especial do secretário-geral das Nações Unidas na Líbia destacou esta segunda-feira o potencial da juventude nos esforços para tornar sustentável a reconciliação e a estabilização do país.

Maria do Valle Ribeiro declarou em entrevista à ONU News, de Trípoli, que essas ações dependem “da capacidade, das estratégias de reconciliação e de diálogo” para ultrapassar os desafios na política e na economia.

Queda

A também vice-chefe da Missão das Nações Unidas na Líbia, Unsmil, disse haver mais de 35% dos habitantes do país africano com menos de 21 anos. Para ela, essa é uma força para “ajudar a ultrapassar a crise” surgida após a queda do líder Muammar Kadaffi em 2011.

“Estes jovens precisam não só de educação, mas precisam de sentir uma confiança e que vão ter oportunidades. São importantes nas estratégias políticas e económicas lembrar-se que realmente há uma juventude muito importante e muito grande que está a espera e que quer participar na construção de uma nova líbia.

Atividades Ilícitas

Grupos de jovens foram recentemente abordados pelo novo enviado do secretário-geral da ONU na Líbia, Ghassan Salamé.

A representante defendeu haver necessidade de evitar um “risco do envolvimento do grupo em atividades ilícitas”, no país onde uma das grandes preocupações tem sido o tráfico de seres humanos.

Notícias relacionadas:  

Especialistas alertam que nova política europeia de resgate ameaça vidas no mar 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud