Força de Proteção Regional chega ao Sudão do Sul

8 agosto 2017

Chefe da Missão da ONU no país afirmou que chegada dos novos soldados permitirá que capacetes azuis possam patrulhar “ruas inseguras”; 120 militares do batalhão do Ruanda chegaram ao país no fim de semana.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque.

O chefe da Missão da ONU no Sudão do Sul, David Shearer, afirmou que a chegada dos primeiros soldados da Força de Proteção Regional, FPR, ao país africano permitirá que os capacetes azuis da Unmiss possam patrulhar “ruas inseguras”.

O Conselho de Segurança aprovou no ano passado o envio da força especial que deve ter no máximo 4 mil soldados. Nessa primeira fase, 120 militares do batalhão do Ruanda chegaram ao Sudão do Sul durante o fim de semana.

Paz

Falando a jornalistas em Juba, a capital do país, Shearer afirmou que “ter tropas adicionais significa que nós poderemos executar mais tarefas relacionadas ao mandato da Missão de proteger civis e construir uma paz duradoura”.

Apesar do acordo de paz firmado em 2015, o Sudão do Sul voltou a registar conflitos internos entre forças rivais. O Exército de Liberação do Povo do Sudão, Spla, que apoia o presidente Salva Kiir e o Exército de Liberação do Povo do Sudão da Oposição, que apoia o ex-vice-presidente, Riek Machar.

A Unmiss diz que a Força de Proteção Regional ajudará na segurança de importantes instalações em Juba e nas principais estradas de entrada e saída da capital.

Operações humanitárias

Shearer disse que a chegada dos militares do batalhão do Ruanda, além da companhia de prontidão do Nepal e de 100 membros da engenharia de Bangladesh, marcam o início da fase de envio da Força de Proteção.

Ele explicou que isso permitirá o deslocamento das tropas de paz da Unmiss, em Juba, para outras regiões do país onde apoiarão operações humanitárias e poderão monitorar e reportar abusos dos direitos humanos.

Notícias relacionadas:

Lacroix diz à ONU News que iniciativas para a paz são úteis no Sudão do Sul

Chefe de operações de paz defende fim de combates no Sudão do Sul

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud