Somália: soldados da Missão da União Africana morrem em emboscada

1 agosto 2017

Militares eram ugandeses; ação teria sido realizada por mílicias Al-Shabaab na região de Baixo Shabelle; representante especial do secretário-geral da ONU na Somália, Michael Keating, expressou suas profundas condolências e reafirmou solidariedade das Nações Unidas ao povo e ao governo do Uganda.

Laura Gelbert Delgado, da ONU News em Nova Iorque.*

O representante especial do secretário-geral da ONU na Somália, Michael Keating, expressou as suas profundas condolências após a morte de soldados ugandeses que serviam na Missão da União Africana no país.

Os militares foram mortos em uma emboscada realizadas por milícias Al-Shabaab na região de Baixo Shabelle, no sul do país, no domingo.

Homenagem

Falando com jornalistas, na sede das Nações Unidas em Nova Iorque, o porta-voz do secretário-geral, Stephane Dujarric, afirmou que Keating prestou homenagem aos soldados da Missão que se sacrificaram na busca de um futuro mais pacífico e próspero para a Somália.

O representante do chefe da ONU reafirmou a solidariedade da organização com a população e com o governo do Uganda no momento em que lamentam a perda de seus compatriotas.

*Apresentação: Denise Costa.

Notícias Relacionadas:

ONU apoia nova etapa de vacinação contra o sarampo na Somália

FAO: US$ 185 milhões necessários para apoiar 3,2 milhões de somalis

ONU e governo somali lançam treinamento para oficiais de justiça

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud