Guterres condena lançamento de outro míssil pela Coreia do Norte
BR

29 julho 2017

Secretário-geral disse tratar-se de mais um ato que viola as resoluções do Conselho de Segurança; apelo a Pyongyang é que se una à comunidade internacional para resolver questões da Península Coreana.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

O secretário-geral, António Guterres, condenou o lançamento de mais um míssil balístico intercontinental pela Coreia do Norte na sexta-feira.

Agências de notícias locais informaram que o míssil teria voado por cerca de 47 minutos no lançamento ocorrido três semanas após o primeiro teste de um míssil de longo alcance.

Resoluções

Guterres disse que mais uma vez trata-se de uma violação às resoluções do Conselho de Segurança.

O chefe das Nações Unidas enfatiza que a liderança norte-coreana deve cumprir plenamente as suas obrigações e trabalhar com a comunidade internacional para resolver as questões pendentes na Península Coreana.

Canais de Comunicação

A nota reitera o apelo de Guterres à liderança norte-coreana para que responda às propostas da Coreia do Sul para que sejam reabertos os canais de comunicação, especialmente a nível militar.

O objetivo é diminuir o risco de erros de cálculo ou mal-entendidos e reduzir as tensões.

Notícias relacionadas:

Conselho de Segurança tem reunião de emergência sobre Coreia do Norte

Para Guterres, lançamento de míssil da Coreia do Norte é "escalada perigosa"

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud